Xbox Series X terá unidades suficientes disponíveis no lançamento, diz Phil Spencer

Diz também que os jogos estão num bom progresso

O chefe do Xbox, Phil Spencer, está confiante de que haverão unidades suficientes do Xbox Series X no lançamento.

Falando com Reggie Fils-Aime no podcast Talking Games, Phil Spencer falou sobre o lançamento do console e como as coisas estão indo. O chefe do Xbox confirmou que está se sentindo bem com a questão do hardware e que terá unidades suficientes para o lançamento mundial do console.

“Em nossa cadeia de suprimentos, nos sentimos bem com a questão do hardware. Parece que seremos capazes de obter unidades suficientes. E você sabe, estamos bastante comprometidos, já que falamos de um lançamento mundial, que infelizmente não fizemos com o Xbox One. Você se lembra de assistir isso no campus da Nintendo. Levamos meses e meses para atingir alguns dos mercados incrivelmente importantes e o lançamento mundial é importante para nós.”

Phil Spencer também comentou sobre os jogos do Xbox Series X, os quais estão tendo um bom progresso.

“O software da plataforma está num bom progresso. Os jogos estão progredindo.”

Embora nenhum detalhe tenha sido discutido, é definitivamente bom saber que as coisas estão caminhando para um lançamento bem-sucedido do Xbox Series X, especialmente com a pandemia atual que interrompeu os planos da maioria das desenvolvedoras e fabricantes de console.

Durante o podcast, Phil Spencer também falou sobre a fluidez da jogabilidade do Xbox Series X, algo que ele acha que os jogadores ainda vão gostar e que só terão uma noção quando experimentarem em primeira mão.

O Xbox Series X representa um grande salto tecnológico sobre o Xbox One, de acordo com o estúdio sueco Neon Giant, e é incrivelmente fácil de desenvolver. Segundo Tor Frick, Co-fundador do estúdio:

“Mas também, o melhor é que está se tornando cada vez mais fácil de desenvolver. Portanto, é cada vez mais fácil usar todo esse poder e gastar mais tempo com as peças criativas, porque idealmente, você só quer que tudo funcione, para realizar suas criações. Um estúdio independente de 11 pessoas não poderia ter feito o que estamos fazendo há 20 anos.”