Siga-nos:

Xbox Game Pass não prejudica as vendas dos jogos

Mat Piscatella acredita que dentro de 2 anos a indústria adotará do mesmo modelo de serviços

O Xbox Game Pass tornou-se agora o centro em torno do qual gira toda a estratégia de mercado de jogos da Microsoft.

No entanto, persistem dúvidas por parte dos jogadores, e muitos são da opinião que o serviço tende a canibalizar as vendas puras dos jgoos, afetando assim as de jogos individuais que custam seu preço cheio de US$ 60.

Mat Piscatella, da NPD Group, falou sobre o assunto em uma curta postagem publicada no Twitter. De acordo com as palavras do analista, e com os dados de abril sobre o mercado de jogos, o Xbox Game Pass não está inibindo de forma alguma as vendas de jogos individuais e, na verdade, está criando cada vez mais um “network effect” pelo qual os jogadores são atraídos.

Ainda mais para investir seu dinheiro. “O debate continua”, acrescenta Piscatella em referência a quem ainda tem grandes dúvidas sobre a influência positiva do serviço de gaming on demand.

Em um tweet subsequente, o analista explica como a indústria de jogos é muito conservadora e não muito rápida quando se trata de entender e adotar novos modelos de distribuição, ou estratégias promocionais e métodos de pagamento.

Na opinião de Piscatella, levará pelo menos mais 2 anos até que todos os concorrentes de nosso meio (Sony, Nintendo e outras) decidam abraçar os métodos de serviços vivos, bem como serviços de assinatura, que estão gradualmente surgindo hoje, especialmente graças a criação original da Microsoft, influenciando a indústria nesse aspecto.

Aproveitamos esta oportunidade para lembrar que o Maneater está disponível no catálogo do Xbox Game Pass há alguns dias, enquanto no dia 31 de maio seis títulos serão removidos, incluindo alguns capítulos da série Kingdom Hearts.

Fonte:everyeye