Xbox All-Access será muito importante para o Xbox Series X, diz Phil Spencer

Uma forma de compensar o Custo do console em um momento de crise financeira.

A Microsoft ainda não revelou o preço do Xbox Series X, o seu poderoso console de próxima geração, mas Phil Spencer acredita que os programas de acesso e pagamento parcelado serão mais importantes que esse número.

Num momento em que grande parte do mundo lida com os efeitos da pandemia COVID-19, seja pelo isolamento social ou numa nova fase do retorno as atividades econômicas, são previstos problemas financeiros que vão tirar a muitos o poder de pagar o valor pedido pelo Xbox Series X.

Esse preço ainda não foi revelado, mas tendo em conta as anteriores gerações e o lançamento de novos Consoles, os valores rondarão os 450U$ a 500U$ e para alguns será um dispositivo que não podem comprar de imediato.

Na mesma apresentação na qual falou do valor da imersão na próxima geração, Spencer foi questionado sobre o preço que será pedido pelo Xbox Series X e como a Microsoft lidará com um mundo em crise financeira.

Será com a ajuda do Xbox All-Access que a Microsoft tornará mais apelativo e fácil adquirir um Xbox Series X, acompanhado pelo Xbox Game Pass Ultimate, e você paga em mensalidades ao longo de 2 anos.

“O Xbox All-Access será vital para o nosso lançamento da Xbox Series X e também para toda a geração.”

“A resposta que vimos onde já testámos o All-Access tem sido fantástica, mas como você disse, está limitada em termos do mercado. Por isso, você verá um mercado e suporte de lojas muito maiores para o All Access.”

“Como disse, é igual ao modelo que os consumidores usam para muitos outros dispositivos que compram. E se você tem serviços associados a esses dispositivos que as pessoas amam, simplesmente torna-se numa forma mais fácil de apresentar um produto fantástico aos consumidores.”

Phil Spencer voltou a referir que a Microsoft está ciente da atual situação econômica global e que ter diversas opções de preços é a melhor forma de tratar o consumidor, não apenas na Microsoft mas em toda a indústria.

Fonte:eurogamer