Siga-nos:

Ucrânia diz que Xbox deve bloquear todas as contas da Rússia

Mais e mais sanções estão sendo impostas a Rússia para aumentar a pressão enquanto eles continuam sua invasão da Ucrânia, agora a reboque da Bielorrússia. Isso já teve um impacto nos jogos, pois muitos desenvolvedores relataram que os pagamentos do Steam não estavam funcionando devido ao uso de bancos afiliados ao estado.

Mas o vice-primeiro-ministro ucraniano Mykhailo Fedorov acha que deve dar um passo adiante e que os desenvolvedores de jogos devem “bloquear todas as contas russas e bielorrussas”.

“A Federação Russa realizou um ataque militar enganoso e ultrajante ao meu país”, começou Fedorov em uma carta escrita.
“Imagine que, em 2022, mísseis de cruzeiro atacarão bairros residenciais, jardins de infância e hospitais no coração da Europa. As forças armadas e os cidadãos estão defendendo a Ucrânia até o fim!”

“O mundo inteiro está repelindo o agressor através da imposição de sanções – o inimigo deve sofrer perdas significativas”, continuou Fedorov.

“Mas precisamos do seu apoio – em 2022, a tecnologia moderna é talvez a melhor resposta para os tanques, lançadores de foguetes múltiplos e mísseis. Tenho certeza de que você não apenas ouvirá, mas também fará todo o possível para proteger a Ucrânia, a Europa e, finalmente,, todo o mundo democrático de uma sangrenta agressão autoritária.”

“Apelo para bloquear temporariamente todas as contas russas e bielorrussas, interromper temporariamente a participação de equipes e jogadores russos e bielorussos em todos os eventos internacionais de eSports e cancelar todos os eventos internacionais realizados no território da Rússia e da Bielorrússia.”

Em seu Tweet, ele marcou o Xbox e o PlayStation, implorando que eles cancelassem os lançamentos de jogos na Rússia e na Bielorrússia. Assim como as sanções, isso pressionaria o país ao afetar diretamente o povo russo.

Na Rússia, muitos já protestaram contra a guerra, com mais de 6.000 presos por isso. Enquanto PlayStation e Xbox ainda não comentaram, outros desenvolvedores de jogos como SCS Software, Ubisoft, 11 bit Studios, CD Projekt RED e Bungie têm arrecadado fundos para ajudar a Ucrânia por meio de instituições de caridade humanitárias.

Fonte:gamevicio