Ubisoft se manifesta contra o Racismo e apóia a causa com US $100.000

Os autores de Assassin's Creed se juntam ao movimento Black Lives Matter que surgiu nos Estados Unidos.

Tempos difíceis estão ocorrendo nos Estados Unidos, com vários protestos em algumas das grandes cidades do país devido a morte de George Floyd e a crise político-social que se originou como conseqüência disso. É por isso que nos últimos dias não tem sido incomum ver grandes personalidades do mundo dos esportes, cinema ou videogames protestando contra o racismo, e o mais recente a se juntar foi a Ubisoft, que também apostou em doar US $100.000 para a luta contra o racismo.

A empresa responsável pela série Assassin’s Creed emitiu uma mensagem nas mídias sociais mostrando sua “solidariedade com nossos parceiros, jogadores e membros da comunidade afro-americana e negra. Faremos uma contribuição de US $100.000 a NAACP e a causa Black Lives Matter” que se espalhou para outros países.