Siga-nos:

Ubisoft diz que Far Cry 6 terá história sobre política

Diretor diz que uma história sobre uma revolução moderna.

Semana passada, após vermos o primeiro gameplay de Far Cry 6, o diretor do jogo, Navid Khavari, afirmou que não planejava fazer comentários políticos com o jogo. No entanto, parece que isso não é 100% verdade.

Em uma recente postagem no site oficial da Ubisoft, afirma que Far Cry 6 é sim um jogo político, e que uma história sobre revolução precisa ser. Ele tem incentivado a equipe a não ter medo de contar uma história ousada.

Nossa história é política.
Uma história sobre uma revolução moderna precisa ser. Há discussões difíceis e relevantes em Far Cry 6 sobre as condições que levam ao surgimento do fascismo em uma nação, os custos do imperialismo, trabalho forçado, a necessidade de eleições livres e justas, direitos LGBTQ+ e muito mais dentro do contexto de Yara, uma ilha fictícia do Caribe. Meu objetivo era apoiar nossa equipe a não ter medo na história que estávamos contando, e trabalhamos muito para fazer isso nos últimos cinco anos. Também procuramos ter muito cuidado com a forma como abordamos nossas inspirações, que incluem Cuba, mas também outros países ao redor do mundo que passaram por revoluções políticas em suas histórias.

O diretor também afirma que o estúdio se certificou de consultar consultores e especialistas para garantir que a história estava sendo contada com sensibilidade.

Em nossa abordagem, procuramos para nossa equipe criadores e colaboradores que possam falar pessoalmente sobre a história e as culturas das regiões que nos inspiraram. Também trouxemos especialistas e consultores para examinar a história do jogo várias vezes ao longo do projeto para ter certeza de que estava sendo contada com sensibilidade. Não cabe a mim decidir se tivemos sucesso, mas posso dizer que tentamos com toda a certeza.

No entanto, embora o jogo seja algo político, os jogadores ainda não encontrarão uma declaração política simplificada, pois para o diretor, a revolução é algo muito mais complexo para ser resumido em uma simples frase.

As conversas e pesquisas feitas sobre as perspectivas daqueles que lutaram contra as revoluções no final dos anos 1950, início dos anos 1960 e além estão absolutamente refletidas em nossa história e personagens. Mas se alguém está procurando uma declaração política simplificada e binária especificamente sobre o clima político atual em Cuba, eles não a encontrarão. Sou de uma família que sofreu as consequências da revolução. Tenho debatido a revolução na mesa de jantar minha vida inteira. Só posso falar por mim, mas é um assunto complexo que nunca deve ser reduzido a uma citação.
O que os jogadores encontrarão é uma história cujo ponto de vista tenta capturar a complexidade política de uma revolução moderna e atual dentro de um contexto fictício. Tentamos contar uma história com ação, aventura e coração, mas que também não tem medo de fazer perguntas difíceis. Far Cry é uma marca que em seu DNA busca ter temas maduros e complexos equilibrados com leviandade e humor. Um não existe sem o outro e temos tentado atingir esse equilíbrio com cuidado. Minha única esperança é que estejamos dispostos a deixar a história falar por si mesma antes de formar opiniões duras sobre suas reflexões políticas.

Far Cry 6 será lançado em 7 de Outubro de 2021 para PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series X.

Fonte:gamevicio