The Elder Scrolls 6 e Starfield chegarão ao Xbox Game Pass no dia do lançamento

Confirmado por Todd Howard, diretor da Bethesda

Os próximos jogos da Bethesda, The Elder Scrolls 6 e Starfield, estarão disponíveis no Xbox Game Pass no primeiro dia de seus lançamentos, de acordo com o produtor executivo e diretor da Bethesda, Todd Howard. A aquisição da empresa pela Microsoft ainda não foi concluída, mas esta notícia indica que ambas as partes estão confiantes de que o negócio será finalizado sem problemas.

A Microsoft anunciou em setembro que comprou a ZeniMax Media, dona da Bethesda, da id Software e de outras desenvolvedoras, por US $ 7,5 bilhões. Isso causou um grande impacto no mundo dos videogames, gerando uma repercussão que não acontecia em anos na indústria. A aquisição, que deve terminar em 2021, dá à Microsoft direitos exclusivos para a maioria das melhores franquias da Bethesda, incluindo Fallout, DOOM e The Elder Scrolls, além do próximo RPG espacial Starfield. A Bethesda ainda manterá um certo grau de autonomia, já que os desenvolvedores poderão publicar títulos para o PlayStation, respeitando os contratos em vigor. No entanto, a Microsoft ganhou uma grande vantagem ao obter exclusividade dos títulos mais fortes da Bethesda.

Recentemente, Howard participou da Develop: Brighton Conference. Durante uma conversa com James Batchelor da GamesIndustry.biz, Howard revelou que, embora Starfield e The Elder Scrolls 6 ainda estejam um pouco distantes de serem lançados, eles estarão disponíveis no Xbox Game Pass no dia de seus respectivos lançamentos. Isso confirma as especulações sobre como a Bethesda lidaria com seus lançamentos futuros. Howard também deu mais algumas informações sobre os dois títulos de forma antecipada, dizendo que Starfield não terá multiplayer em favor do formato singleplayer e estará em um universo ainda maior que Fallout 76.

Howard permaneceu tão calado como sempre sobre a data de lançamento de qualquer um dos títulos, apenas dizendo que “vai demorar”. Isso pode significar anos, mas pode muito bem significar meses, considerando que Howard tem adotado uma postura de anunciar o jogo de forma oficial a menos de 1 ano do lançamento. O fato de dois títulos grandes estarem disponíveis logo no dia de seu lançamento no Xbox Game Pass é um forte indicativo de que o mesmo ocorrerá com os futuros títulos da Bethesda. É possível que esses mesmos assinantes nunca tenham que pagar por um jogo da Bethesda no futuro, desde que sejam assinantes do serviço.

Se for esse o caso, pode ser uma revisão gradual de como os jogadores consomem os jogos. Isso poderia levar à eliminação das vendas únicas de cópias físicas e digitais em favor de serviços de streaming por assinatura mensal. O status da Bethesda como um estúdio que possui grandes IPs com um grau considerável de influência pode torná-la o porta-estandarte para tal revolução, ou, pelo menos, a precursora na campanha de aquisição de estúdios da Microsoft.