SSD do Xbox Series X é um modelo PCIe 3.0 M.2 de 2400MB/s da WD

O youtuber Rato Borrachudo abriu o console e exibiu o formato de armazenamento

Na noite de ontem, o streamer Rato Borrachudo se tornou o primeiro brasileiro a desmontar o Xbox Series X (e talvez o primeiro influenciador do mundo). Com o feito, foi descoberto que o armazenamento do console é um SSD M.2 comum, o mesmo utilizado nos computadores.

SSD NVME

Trata-se de um SSD PCIe 3.0 M.2 de 2400MB/s da WD, ainda é cedo, mas isso pode significar que QUALQUER peça equivalente pode substituir a original, possibilitando uma expansão de armazenamento mais barata no Xbox Series X e S.

Segundo a tabela de especificações presente no site da Western Digital, o SSD presente no Xbox Series X conta com velocidade de até 2.400 MB/s de leitura e escrita de 1.950 MB/s. No Xbox Series X, o dispositivo alcança até 4.800 MB/s utilizando técnicas de compressão e a arquitetura Velocity, que permite a existência de recursos como o Quick Resume.

O SSD da Western Digital também conta com durabilidade de 400 TBW (Terabytes Written). Um modelo com 100 TBW consegue funcionar por cinco anos sem apresentar problemas com uma alta carga de gravação de 50 GB por dia. Ou seja, o componente presente no Xbox Series X é bastante resistente.

A presença de um SSD aos moldes do que usamos no PC pode ser um bom sinal para quem pretende fazer upgrades de armazenamento no Xbox Series S e X. Até o momento, porém, a Microsoft não comentou oficialmente sobre o assunto.

O Xbox Series S tem apenas 364GB disponível para jogos e aplicativos, muito limitado, esse processo pode ser um alívio para os jogadores, levando conta que a única expansão de armazenamento no mercado atualmente é o SSD externo de 1TB vendido oficialmente pela Microsoft por R$ 2.299, esse preço somado ao do console daria para adquirir um Xbox Series X e ainda sobraria praticamente R$ 500.

Fonte:savedrop