SSD de 512 GB de baixo custo do Xbox Series S também reduz os preços de DRAM

SSD reduz os custos de memória flash e DRAM, tornando o console mais barato de fabricar

Embora o SSD PCIe 4.0 do Serie S do Xbox ofereça as mesmas velocidades de 2,4 GB/s que o Series X, seu tamanho é reduzido pela metade. A Microsoft diz que essa redução de armazenamento ajudou o Serie S a atingir o preço sugerido de $299.

O Xbox Series S tem um SSD NVMe de 512GB drasticamente menor, e a Microsoft confirma que essa queda de capacidade também diminuiu o preço do console. O que não está aparente é como o SSD também ajuda a compensar os custos do GDDR6. O Xbox Series S é efetivamente mais barato de fazer em duas frentes: O SSD menor de 512 GB reduz os custos de memória flash, e a nova Velocity Architecture também reduz os custos de DRAM.

Aqui está o que a Microsoft disse em um comunicado à imprensa recentemente divulgado:

Quando mudamos para a tecnologia SSD, havia um desempenho muito, muito maior. Mas é claro que esse desempenho tem um custo mais alto. Mais armazenamento é sempre melhor.

Então, estávamos tentando equilibrar o tamanho da unidade de armazenamento e também o custo e chegamos aos 512 GB, disse Liz Hamren, chefe de engenharia de plataforma e hardware do Xbox.

O Xbox Series S também oferece suporte à placa de expansão de armazenamento da Seagate. Além disso, você sempre pode conectar sua unidade USB 3.1 para armazenamento adicional.

Também temos trabalhado em uma série de recursos de software para ajudá-lo a gerenciar com mais facilidade sua biblioteca de jogos entre a nuvem e seu console.

Clique para ver a imagem em tamanho original

Também sabemos que a tecnologia de SSD de última geração levou 13 anos para ser criada. A mudança da Microsoft em direção à tecnologia SSD ajuda a compensar os custos mais altos de GDDR6 DRAM devido à sua poderosa e flexível Velocity Architecture.

A Velocity Architecture foi criada especificamente para que a Microsoft pudesse reduzir a capacidade DRAM otimizando como o SSD interage com a memória GDDR6. A ideia principal é usar a memória flash NVMe de alta largura de banda como um buffer/cache de backup para manter assets e dados de alta resolução, ao mesmo tempo restringindo de forma eficiente como esses assets são alimentados na RAM por meio de tecnologias como Sampler Feedback Streaming.

Com o SSD de alta velocidade ajudando, a pegada geral da DRAM pode encolher e reduzir os custos gerais de capacidade. Este plano permite que a Microsoft gaste menos em DRAM (que é 33 vezes mais caro que a memória flash) sem perder desempenho.

Isso é especialmente verdadeiro para o Serie S com seus 10 GB de memória GDDR6.

O resultado é um SSD menor que alcança transferências de dados não compactados de alta velocidade de 2,4 GB/seg, tem paridade total com fluxos de dados do Xbox Series X e é flexível graças à Velocity Architecture.

O Xbox Series S será lançado junto com o Series X em 10 de novembro de 2020 por $299 (o Series X é $499).

Confira abaixo uma comparação de especificações lado a lado:

Clique para ver a imagem em tamanho original
Fonte:tweaktown