Siga-nos:

Spass Kroushkov anuncia sua saída da Ubisoft

Este já é o 5 diretor clássico de Assassin's Creed a deixar a empresa

Os últimos anos vem sendo um tanto cruéis quando se trata de funcionários-chave na Ubisoft. Depois de 2020 a empresa ter demitido mais de 300 funcionários em seus cargos mais altos, a empresa continua realizando mais disso.

Vimos a saída de Maxime Béland, Tommy François, Serge Hascoet, Yannis Malat, Michel Ancel, e diversos outros ao longo de 2020, mentes conhecidas e famosas por séries como Tom Clancy’s Splinter Cell, Beyond Good & Evil, Rayman, Far Cry, e muitas outras.

Em termos de Assassin’s Creed, também estamos vendo uma seca. Em 2020, Ashraf Ismail, diretor criativo de AC: Valhalla, AC: Origins e AC: Brotherhood foi demitido. Antes dele, vimos a saída de Alex Hutchinson, diretor criativo de AC III, Alexandre Amancio, diretor criativo de AC: Revelations e AC: Unity, e Jade Raymond de AC 1 e AC 2.

Hoje, em suas páginas oficiais, Spass Kroushkov, diretor criativo da Ubisoft Sofia, onde atuou como diretor criativo de Assassin’s Creed: Rogue, diretor de conteúdo e diretor geral de Assassin’s Creed IV: Black Flag, e líder de design de Assassin’s Creed III, também deixou a empresa.

Kroushkov estava na Ubisoft há mais de 11 anos, e foi uma das grandes figuras no segmento mais aberto com exploração marítima na série aclamada, onde introduziu e criou personagens bastante queridos pelos fãs, como Edward Kenway e Shay Patrick Cormac.

Um dos mais recentes trabalhos dele na empresa foi na adaptação de Assassin’s Creed: Rogue para o Xbox One, PS4 e Nintendo Switch, e também no design de personagens e sinopse por trás de Jacob Frye (AC Syndicate) e Aiden Pearce (tanto no WD1 quanto na expansão Bloodlines de WD Legion).

Fonte:gamevicio