Siga-nos:

Sony pode perder US$ 262,6 milhões caso Call of Duty seja exclusivo do Xbox

Não tem como negar que o ano de 2022 começou com tudo para a Microsoft, após comprar a Activision Blizzard por quase 70 bilhões. Como não é segredo, Call of Duty é uma das franquias mais populares dos últimos anos e faz parte da Activision.

Após essa compra, uma dúvida está remoendo na cabeça dos jogadores do PlayStation. Call of Duty será exclusivo do Xbox após 2023 ou o jogo ainda será lançado na plataforma da Sony? Phil Spencer garantiu ao público que o Xbox respeita a Sony e os acordos anteriores, portanto Call of Duty permanecerá no PlayStation, mas sua publicação ainda deixa muitas dúvidas no ar.

Agora vamos presumir que Call of Duty é um exclusivo do Xbox, deixando o PlayStation, quanta a Sony perderia nessa brincadeira? Wall Street Journal decidiu investigar e chegou a um resultado não muito bom para a Sony.

Segundo o Wall Street Journal, a Sony poderia perder entre US$ 87,5 milhões e US$ 262,6 milhões em receita anual. Para ter uma comparação, esse valor pode até mesmo criar 2 ou até 3 jogos AAA de qualidade, mostrando que sim, a Sony vai se dar muito mal, caso Call of Duty seja exclusivo do Xbox.

Outra fator é a venda dos consoles PlayStation 5, que teriam quedas, já que muitos jogadores compram o console da Sony para jogar Call of Duty, pois os exclusivos são apenas um bônus do console. Só lembrando que esse valor do Wall Street Journal é apenas uma estimativa, é muito difícil saber o valor exato.

Fonte:gamevicio