Siga-nos:

SIE Japan Studio é oficialmente encerrada

Nicolas Doucet, chefe da SIE Japan Studio, agora se transfere para chefe da Team ASOBI

Conforme já foi anunciado pela Sony Interactive Entertainment, a famosa divisão nipo-americana de videogames da Sony Corp., a sua mais antiga e de certa forma grande subsidiária Japonesa, a SIE Japan Studio, deixará de existir como um entidade hoje, com seu nome, logotipo e local oficial sendo extintos.

Em seu lugar, a Team ASOBI nasce, um novo estúdio japonês, redondamente menor em termos de números de funcionários, mas ainda sim grande, que será encabeçado por algumas das mentes principais da SIE Japan Studio, além é claro, dos já funcionários atuais da Team ASOBI.

Essa transição de negócios, segundo Jim Ryan, CEO e Presidente do PlayStation, é muito por conta da falta de apelo global nos títulos da SIE Japan Studio, que nos últimos anos não conseguiram sair da janela de serem grandes títulos para japoneses, não se consagrando tanto assim no Ocidente, apesar deles possuírem aclamação da crítica e jogadores.

Muitas figuras do estúdio andaram saindo de lá na última semana, incluindo figuras-chave de títulos como Demon’s Souls, Gravity Rush, Siren, Puppeteer, Bloodborne, e etc. Agora, conforme foi divulgado pelo repórter da Bloomberg, Takashi Mochizuki, parece que a transição foi feita por completo.

Nicolas Doucet, um veterano francês que estava na SIE Japan Studio nos últimos 17 anos, e que em 2019 se tornou Chefe de Estúdio, agora transacionou por completo seu perfil para Studio Director da Team ASOBI, liderando a subsidiária de AstroBot: Rescue Mission e Astro’s Playroom.

Fonte:gamevicio