Rocksteady é acusada de ter um ambiente de trabalho tóxico

Mais uma gigante da industria europeia de games está sob denuncia

A Rocksteady é conhecida por seu incrível trabalho a frente da franquia de jogos do Batman. Mostrando que tem capacidade de criar ótimas histórias, com gráficos a frente de seu tempo e mecânicas que para a época, inovaram o sistema de combate em jogos do estilo.

Porém, algumas tristes denúncias foram feitas contra a desenvolvedora britanica, onde de acordo com o jornal The Guardian, 10 dos 16 funcionários ativos em 2018 na empresa, prestaram queixa mediante uma carta, declarando que denunciavam casos de assédio Sexual e Homofobia.

Segundo a carta dos funcionarios, é mencionado que ocorriam casos de comentários a mulheres de forma depreciativa e sexual, e diversas ofensas a comunidade LGBT.

“Já ouvi de tudo, desde queixas tateantes a incidentes envolvendo funcionários seniores , todos homens”,

disse um dos ex-funcionários que enviou a carta ao The Guardian anonimamente.

 “No entanto, tudo o que tivemos como resultado foi um seminário para toda a empresa que durou uma hora. Todos os participantes foram convidados a assinar uma declaração confirmando que receberam o treinamento. Ele sentiu que era uma maneira justa de cobrir seu traseiro”

A Rocksteady se pronunciou, dizendo ter conhecimento da existencia dessa carta desde a epoca que ela foi feita, e tem desde então trabalhado para criar um ambiente mais inclusivo e respeitoso para seus colaboradores. Segundo um porta voz da empresa:

“Em 2018, recebemos uma carta de algumas de nossas funcionárias expressando as preocupações que tinham na época e imediatamente tomamos medidas firmes para resolver as questões que foram levantadas. Nos dois anos seguintes, ouvimos atentamente e aprendemos com nossos funcionários, trabalhando para garantir que todos na equipe se sintam apoiados. Em 2020, estamos mais empenhados do que nunca em continuar a desenvolver nossa cultura inclusiva e estamos determinados a defender todos os nossos funcionários”

Atualmente a Dev está trabalhando no projeto do Suicide Squade: Kill de Justice, e possívelmente dando suporte a WB Montréal que está responsável por mais um Game do Homem morcego, até o momento conhecido como Batman: Gotham Knights.

Você pode ler mais sobre as denuncias pelo The Guardian.