Rise of the Tomb Raider completa 5 anos de vida desde o seu lançamento

O segundo jogo da Trilogia Reboot, produzido pela Crystal Dynamics

Anunciado em Junho de 2014, na E3 da Microsoft, o novo capítulo da saga de Lara Croft ganhou a vida, seja pelo seu brilhantismo graças ao enorme sucesso crítico e do público com Tomb Raider, seja pela qualidade provada pela desenvolvedora Crystal Dynamics naquela época, a Lara Croft estava de volta.

Com isso, fomos introduzidos ao Rise of the Tomb Raider, um jogo em que pela primeira vez na franquia a Microsoft Studios (hoje Xbox Game Studios) publicou, distribuiu, e co-desenvolveu o jogo, muito por conta de ter pago US $20 milhões á Square Enix pela exclusividade do jogo no Xbox One e Xbox 360.

Com isso, foi utilizado o Crystal Tools Engine revigorado + Havok Engine e Visual Studio da Microsoft para complementar o título. Ganhou um grande destaque como jogo-chave do Xbox One nas campanhas de 2015, na E3, Gamescom, The Game Awards, PGW, e outros eventos, o que resultou em um marketing massivo, até o lançamento dele, em 10 de Novembro de 2015.

O principal objetivo da Microsoft na época era ter uma franquia na qual pudesse bater de frente com Uncharted 4, e como a empresa tinha fortes laços com a franquia Tomb Raider e com a Crystal Dynamics em específico, achou coerente comprar a exclusividade de Rise of the Tomb Raider.

Porém, após o período de exclusividade de um ano, o jogo foi relançado no Final de 2016 em uma coleção da Square Enix, chegando também ao PC e PlayStation 4.

Fonte:gamevicio