Retrocompatibilidade do Xbox Series X e Xbox Series S vinha sendo trabalhada desde 2016

E mais jogos do Xbox 360 e do primeiro Xbox podem chegar ao Xbox Game Pass

A retrocompatibilidade tem sido um dos principais focos do Xbox nos últimos anos, e continuará sendo para a geração do Xbox Series X e Xbox Series S. Tanto, que a equipe da Microsoft tem trabalhado nisso para os seus consoles de próxima geração desde 2016.

Falando ao portal Inverse, o diretor de gerenciamento de programas do Xbox, Jason Ronald, confirmou que a equipe está trabalhando na retrocompatibilidade do Xbox Series X e Series S desde 2016, executando capturas de desempenho de jogos em um simulador do chip de próxima geração.

“Começamos no primeiro dia do programa. Trabalhamos no Xbox Series X e Series S desde 2016. Antes mesmo de termos o silício, pegávamos capturas de desempenho de jogos existentes e as rodávamos em um simulador do chip de próxima geração. Isso nos permitiu identificar problemas potenciais no silício antes mesmo de ser produzido. A cada tentativa, testamos para garantir que os jogos continuassem em execução. Em seguida, víamos como aprimorar alguns desses títulos. É daí que vêm técnicas como o Auto HDR.”

Jason Ronald também revelou alguns detalhes sobre o processo de teste da retrocompatibilidade do Xbox Series X e Series S, confirmando que levava de 16 a 24 horas para um único jogo.

“Passamos por testes de aprovação no ano passado, o que pode levar de 16 a 24 horas para um único jogo. Tínhamos um exército de testes, cerca de 500, que passaram por todos eles em uma ordem de prioridade. Se eles encontrassem problemas, nossa equipe de retrocompatibilidade iria consertar isso, sem trabalho dos desenvolvedores. A responsabilidade recai sobre nós para garantir que esses jogos continuem a funcionar.”

Jason Ronald tinha falado que o intuito da retrocompatibilidade não é vender mais jogos, mas sim, preservar a forma de arte que as pessoas conhecem e amam. Ele também confirmou que mais jogos do Xbox e Xbox 360 podem chegar ao Game Pass no futuro, obviamente compatíveis com o Xbox Series X e Series S. A equipe está investigando isso, mas problemas de licenciamento podem ocorrer.

“Alguns dos desafios são técnicos, mas na maioria das vezes se trata do licenciamento. Em alguns casos, o desenvolvedor ou editor não existe mais. Mesmo rastrear de quem precisamos de aprovações pode ser muito, muito difícil.”

O Xbox Series X e o Xbox Series S serão lançados mundialmente na próxima semana, em 10 de novembro.

Fonte:wccftech