Ray-Tracing do Xbox Series X é mais flexível do que Nvidia RTX 30 Series, diz 4A Games

O CTO da 4A Games, Oleksandr Shyshkovtsov, diz que embora a tecnologia de rastreamento de raios da Nvidia esteja “em uma liga diferente”, a abordagem da AMD é ainda mais flexível.

301

Os jogos para PC têm colhido as vantagens do Ray-Tracing por um tempo, mas com o espaço do console também tendo alcançado o Xbox Series X/S e PS5, a esperança é que a tecnologia se torne muito mais padronizada daqui para frente.

E embora a Nvidia esteja na vanguarda da promoção e do avanço do Ray-Tracing, a AMD também tem sido uma grande concorrente, afinal, é a tecnologia deles que está sendo usada no Xbox Series X/S e PS5.

Falando recentemente em uma entrevista com a Wccftech, o diretor técnico da 4A Games, Oleksandr Shyshkovtsov, falou sobre como a tecnologia de Ray-Tracing na nova série RTX 30 da Nvidia e como ela se compara com a tecnologia AMD no Xbox Series X/S e PS5.

Shyshkovtsov diz que embora a tecnologia da Nvidia esteja “em ligas diferentes” desde os consoles, a abordagem da AMD ainda oferece mais flexibilidade, permitindo que a 4A Games faça coisas em consoles que não são possíveis no PC.

“Quanto à série NV 3000, eles não são comparáveis, eles estão em ligas diferentes no que diz respeito ao desempenho RT”, disse ele.
“A abordagem de RT híbrido da AMD é inerentemente diferente em capacidade, particularmente para raios divergentes. No lado positivo, é mais flexível e há uma miríade de abordagens (provavelmente ainda não descobertas) para adaptá-lo às necessidades específicas, o que é sempre bom para consoles e, em última análise, jogadores de console.”

”Na 4A Games, já fazemos travessia personalizada, cache de Ray-Tracing e acesso direto aos triângulos de folha BLAS, o que não seria possível no PC.”´

Além disso, quando questionado sobre se ele acha que o Ray-Tracing será mais comumente usado em jogos futuros, Shyshkovtsov disse que provavelmente será o caso, e que a tecnologia pode ser usada para muito mais do que apenas melhorias visuais.

“Quanto aos jogos futuros: a resposta curta seria sim”, disse ele.
“E não só pelos gráficos, aliás. Por que não som de rastreamento de caminho, por exemplo? Ou visão de IA? Ou alguma propagação de explosão? Já estamos trabalhando nisso.”

Na mesma entrevista, Shyshkovtsov também falou sobre se as especificações mais baixas do Xbox Series S serão problemáticas para o desenvolvimento de jogos no futuro, e como a 4A Games se adaptou à frequência variável do PS5.

4A Games anunciou recentemente que Metro Exodus: Enhanced Edition estará vindo para PC ainda este ano, ao mesmo tempo, compartilhando detalhes sobre próxima atualização do jogo nos Xbox Series X/S e PS5.