PS5 não roda 4K nativo como o Xbox Series X em Call of Duty: Warzone

Xbox Series X é o único console a rodar o jogo em 4K nativos a 60 fps; PS5 e Xbox Series S contam com melhorias

A Activision deu o que falar ao adicionar suporte para 120fps em Call of Duty: Warzone no Xbox Series X, um extra que não chegou ao PlayStation 5, que continua a correr no máximo a 60fps. Após alguma confusão, as respostas chegaram quando a Psyonix, responsável por Rocket League, revelou que a Sony não permite suporte para 120Hz em jogos de PS4 rodando no PlayStation 5. É uma pena não ter isto, especialmente desde que foram vistas melhorias em jogos do PS4 através da retrocompatibilidade (especialmente em Days Gone e Ghost of Tsushima, que correm agora a 60fps no PS5). Perante isto, ficamos a pensar no quanto Warzone foi melhorado nos novos consoles. O suporte 120fps está presente no Xbox Series X, mas existem mais vantagens? A resposta é um grande sim.

Para obter os dados necessários para a comparação, recorremos à funcionalidade crossplay, que permite que até 4 jogadores usem qualquer console ou PC para compartilharem o mesmo servidor. Mais do que isso, conseguimos obter imagens alinhadas e precisas de gameplay em todas os consoles ao permitir que todos os membros do esquadrão morram e depois sincronizar a captura em modo espectador. Quatro consoles, quatro jogadores, todos a gravar cenas do mesmo jogador. A partir daqui, começa a análise.

Primeiro começamos por confirmar que Warzone é executado mesmo por retrocompatibilidade, apesar das versões Xbox Series terem recebido o estatuto de ‘Otimizadas’, provavelmente devido ao suporte para 120fps. No entanto, ao analisar as mesmas cenas no Xbox One X e Series X lado a lado, é bem percetível que é efetivamente o mesmo jogo, apesar de existirem melhorias interessantes, entregues na sua maioria pela equipe de retrocompatibilidade do Xbox. Primeiro, o Series X elimina a resolução dinâmica vista no One X, que consegue correr a 1920×2160 e pode ir até 3840×2160. Nos nossos testes, o Xbox Series X entrega 4K nativo, mesmo em momentos onde o Xbox One X desce dos 60fps. Basicamente, Warzone aproveita o apoio da retrocompatibilidade, apresentando-se com o dobro da resolução.

Existem mais melhorias e parece que as funcionalidades de retrocompatibilidade do console foram usadas para ativar o filtro anisotrópico 16x no Xbox Series X, melhorando muito as texturas no chão. Também é percetível que foi melhorada a distância de visão do terreno. Não afeta o gameplay, mas é uma clara melhoria sobre o Xbox One X. O melhor de tudo é que por mais que puxássemos pelo jogo, Warzone ficou fixo nos 60fps no Xbox Series X. Tem poder extra para isso e esperávamos que a resolução dinâmica fosse um último recurso. Tens 4K60 fixos, presumindo que tens uma tela com suporte a 60Hz.

E no PS5? Na PS Store está marcado como jogo de PS4, confirmando que os 120fps não são possíveis, segundo o que relata a Psyonix, mas deixa a porta aberta para o tipo de melhorias vistas em Days Gone e Ghost of Tsushima. Infelizmente, com a exceção do pacote de texturas em alta resolução (também disponível nos consoles da geração anterior) a única melhoria no PS5 é um efeito colateral do maior poder do console e de resto tens as especificações do PS4 Pro. Significa que Warzone corre com a mesma 2716×1528 do PS4 Pro como resolução máxima, o que significa que não existe 4K na máquina mais recente da Sony. O PS5 não tem forma de ir além disso, apesar do aumento na GPU, mas agora tens 60fps fixos. Além disso, as funcionalidades do sistema que existem no Series X, criadas pelas equipes da Microsoft, não estão disponíveis no PS5 e isto significa que não tens melhorias nas distâncias de visão do terreno e no filtro.

No Series S, a situação é estranha. O console corre com as definições do One S e isto significa uma redução nos efeitos pós-processamento e opera a 1080p, o máximo da resolução dinâmica do código original. Existe imenso potencial nesta versão, mas de momento parece estar aquém, tendo em conta o poder disponível. Pelo menos tens 60fps fixos. Também é fascinante que, tal como no Series X, se executares o jogo numa tela compatível, o Series S pode rodar o Warzone a 120fps.

O modo 120fps foi adicionado sem barulho e deixa-te ativar essa opção através do menu. Funciona, mas tem um forte impacto na resolução das duas máquinas. Devido a esse alvo, a resolução dinâmica causa quedas constantes no Series S para 960×1080, enquanto o Series X é, no geral, forçado a correr a 1920×2160. O frame rate em si opera entre 80fps a 120fps. Combinado com uma tela com Variable Refresh Rate, tens uma apresentação mais suave e menos lag nos comandos, com a VRR desativada, a v-sync incomoda tanto que é melhor mudar para 60Hz. Algo curioso é que apesar de ambos os consoles conseguirem o mesmo nível de performance a 120Hz, encontramos momentos no jogo onde o Series S tem melhor performance. Apesar do corte na resolução, o Series X aguenta-se muito bem em termos de qualidade da apresentação, mas não podemos dizer o mesmo do Series S, onde a imagem 960×1080 reconstruída pode parecer pouco nítida.

Temos aqui algo que parece manter um padrão, a Infinity Ward recorreu à retrocompatibilidade para apresentar o jogo nos novos consoles. Isto sugere que o suporte da Microsoft para telas 120Hz nos consoles de ambas as gerações permitiu ao estúdio ativar esse modo, enquanto a equipe de retrocompatibilidade da Microsoft fez o trabalho que permite usar o poder extra dos Xbox Series para frame rates mais consistentes no modo 60Hz, juntamente com um filtro de texturas de melhor qualidade. O PS5 não tem o mesmo nível de suporte para jogos do PS4, ou seja, não tens o modo 120fps. Além disso, a resolução fica limitada pelo conversor dinâmico do PS4 Pro, o que significa que o Series X consegue 4K nativo, mas o PS5 não.

Existe alguma ironia pois o Xbox One X trocou o frame rate por pixels comparado com o PS4 Pro. Tinha melhor aspeto, corria com uma resolução superior, mas não conseguia manter os 60fps tão bem quanto o Pro. O poder extra e as funcionalidades de compatibilidade do Xbox Series X limpam os problemas de performance e consegue ser o único console com 4K60 e que até permite jogar a 120fps como extra. Claro que o melhor seria uma atualização verdadeira para a nova geração. Call of Duty: Black Ops Cold War tem um aspeto lindo e corre a 120fps fixos no multiplayer e adoraríamos ver isso em Warzone para todas os novos consoles.

Fonte:eurogamer