Siga-nos:

PlayStation não está disputando com o Xbox para ver quem compra mais estúdios

Empresa diz ser muito seletiva na hora das aquisições.

Hoje mais cedo tivemos o anúncio surpresa de que a Sony havia adquirido a Housemarque, estúdio responsável por títulos como Resogun e o mais recente Returnal, além de uma possível aquisição da Bluepoint Games, desenvolvedora do remake de Demons Souls.

Com a Sony começando a adquirir esse novos estúdios, muitos se perguntam se essa seria uma resposta às diversas aquisições que a Microsoft vem realizando durante os últimos anos.

No entanto, durante uma recente entrevista com o site inglês GQ, Hermen Hulst, o atual chefe da PlayStation Studios, afirmou que a Sony não está em uma corrida contra a Microsoft se tratando de aquisições.

Se tratando de novas aquisições, a Sony é bem específica nos estúdios que escolhe, preferindo os que tenham ambições semelhantes aos dela.

Somos muito seletivos quanto aos desenvolvedores que adquirimos. Nossa última aquisição foi a Insomniac Games [por $ 229 milhões em 2019], a qual funcionou muito bem. Estou sempre à procura de pessoas que tenham valores semelhantes, ambições criativas semelhantes e que trabalhem muito bem com a nossa equipe em quem possamos investir e ajudar a crescer como criadores. Não é como se estivéssemos fazendo aquisições aleatórias.

Quanto à aquisição da Housemarque, Hermen afirma que foi uma aquisição que fez muito sentido, pois já trabalham há muito tempo com o estúdio.

São aquisições bem escolhidas de equipes que conhecemos bem. A quantidade de colaboração entre o nosso grupo de desenvolvimento externo e a Housemarque no lado técnico, no lado da gestão da produção e até no lado criativo foi muito profunda. Então, para nós, faz muito sentido fazer isso.

Fonte:gamevicio