Siga-nos:

Phil Spencer explica por que o Xbox decidiu competir contra o PlayStation

"Não tenho certeza se queríamos 'entrar' tanto quanto gostaríamos de defender"

Não há nada melhor do que um pouco de competição saudável, e a rivalidade entre a Sony e a Microsoft em cada um de seus consoles de jogos garante que os sistemas permaneçam atualizados e exclusivos. Ao longo dos anos, tivemos adições novas e significativas, como o Xbox Game Pass e a aquisição de vários estúdios de jogos, para que o jogador esteja sempre ganhando. Mas por que a Microsoft entrou na indústria de jogos em primeiro lugar? O chefe do Xbox, Phil Spencer esclareceu o porquê.

Está disponível um séria no serviço Crackle chamada Playing With Power: The Nintendo Story (que só está disponível nos EUA), Phil Spencer foi questionado por que a Microsoft queria entrar na indústria de videogames, quando parecia tão impenetrável na época com a Sony e o PlayStation. Lembre-se, o PlayStation 2 era muito forte e quase imbatível. Porém, com um contagiante sorriso no rosto, ele respondeu que era para “se defender” de um mercado em crescimento.

“Como acontece com muitas coisas na história da Microsoft, não tenho certeza se queríamos ‘entrar’ tanto quanto gostaríamos de ‘defender’. A casa para o Windows era importante, os PCs domésticos [para consumidores e não empresas] eram essenciais para o crescimento da Microsoft, e nós queria ter certeza de que, à medida que os consoles de videogame estavam crescendo, poderíamos mostrar o que uma plataforma Microsoft Windows em casa poderia fazer, e os videogames eram um grande meio para fazermos isso. “

Phil Spencer também comentou na série sobre o sucesso da Xbox Live, e como foi uma “grande aposta” para a empresa da qual ele se orgulha. Aqui está um pouco do que ele tinha a dizer:

“Acho que ficamos satisfeitos com a reação da [Xbox Live], mas também esperávamos, então foi uma grande aposta para nós, e estou orgulhoso disso na história do Xbox, a quantidade de foco temos em jogos online, e acho que é uma inovação que as equipes trouxeram para o console em casa que realmente ajudou a tornar isso uma norma e uma expectativa. “

Está claro que a ideia da Xbox Live valeu a pena e a decisão da Microsoft de ingressar na indústria de jogos a tornou um de seus líderes hoje – conseguindo até prosperar ao lado do PlayStation. Ninguém sabe onde a empresa irá agora, mas com serviços como o Xbox Game Pass em ascensão, parece um horizonte brilhante. Desse modo, agora sabemos que o Xbox foi criado mais como uma proteção para os jogos de PC com Windows, mas que acabou sendo um produto de grande sucesso.