Pete Parsons desmente compra da Bungie pela Xbox Game Studios

Os rumores são falsos

A Bungie desmentiu as alegações de que a Microsoft estava em negociações para adquirir o estúdio. Vários rumores sugeriam que as duas empresas haviam feito várias tentativas de fechar um acordo, mas o CEO do estúdio, Pete Parsons, agora afirma que esses relatórios eram falsos.

Os relatórios apareceram pela primeira vez no podcast da GamesBeat, onde o jornalista Jeff Grubb disse ter ouvido falar que a Microsoft havia conversado com a Bungie sobre a possível aquisição do estúdio, mas que as conversas “falharam repetidamente [porque] o preço é muito alto”.

A sugestão de Grubb foi posteriormente apoiada por Tom Phillips da Eurogamer, que disse ter “ouvido de forma independente que essas conversas ocorreram, impulsionadas da parte da Bungie pelo desejo de levantar novos fundos para o estúdio, seus projetos e equipe”.

No entanto, Parsons respondeu às reivindicações no Twitter, simplesmente declarando que os rumores relacionados à conversa e ao alto preço de venda da Bungie eram “falsos”. Em outro lugar, o gerente da comunidade de Destiny 2, David Dague, referiu-se aos relatórios como “fofoca”. Não está totalmente claro, no entanto, se Parsons e Dague estão desmascarando os relatórios em sua totalidade ou apenas sugerindo que as alegações não são totalmente precisas.