Siga-nos:

Pesquisa revela que 35% dos jogadores de videogames assinam algum serviço de assinatura

Seja ele um Xbox Game Pass, PlayStation Now, Stadia Pro, ou GeForce Now

A consultoria de marketing Simon-Kucher & Partners divulgou hoje um relatório intitulado “The Global Gaming Study: The Future of Subscriptions”, sugerindo que os serviços de jogos por assinatura já foram adotados por uma parcela significativa do mercado, mas têm muito espaço para crescer.

O relatório foi baseado em uma amostra representativa de mais de 13.000 pessoas de 17 países conduzida em maio e junho com a ajuda da empresa de pesquisa de mercado Dynata.

De acordo com a pesquisa, 35% dos jogadores em todo o mundo têm uma assinatura ativa de jogos, mas eles não são distribuídos igualmente.

Nos EUA, apenas 20% dos jogadores estavam pagando ativamente por um serviço de assinatura, enquanto os jogadores tinham duas vezes mais chances de ser assinantes em mercados como Índia e Indonésia.

A pesquisa identificou espaço para crescimento nas assinaturas de jogos não apenas entre os jogadores que ainda não se inscreveram, mas entre aqueles que já pagam pelos serviços.

80% dos entrevistados que já se inscreveram em um serviço de assinatura disseram que já estavam assinando vários desses serviços (9%) ou estavam interessados ​​em ter várias assinaturas (71%).

Clique para ver a imagem em tamanho original

Quanto ao que os motivaria a se inscrever, os assinantes estavam amplamente unidos ao afirmar que a qualidade dos jogos oferecidos era o fator mais importante.

Os próximos três motivos para se inscrever foram preço, número de jogos e diversidade de jogos, embora tenham sido priorizados de forma diferente dependendo de quantas horas de jogo os entrevistados jogaram por semana.

No entanto, quando os não assinantes foram questionados sobre seus motivos, o fator número um foi o preço, com o desejo de possuir jogos em vez de alugar o acesso a eles sendo outra preocupação importante.