O que podemos esperar de Halo Infinite [Opinião]

A maior franquia do Xbox poderá trazer de volta seus tempos de glória ?

Estamos a 3 dias do Xbox Summer Fest, grande evento que substitui a apresentação do Xbox na E3, que infelizmente veio ser cancelada por conta da situação global perante a Pandemia de COVID-19.

Segundo Phil Spencer, o evento será focado totalmente nos jogos. Apresentando mais de jogos como Hellblade II e Halo Infinite.

Por falar em Halo, o hype gerado em cima de Master Chief, e sua lendaria saga é cada vez maior, com postagens que possuem alcance maior até mesmo que o proprio perfil do Xbox nas redes sociais. Halo é semp duvidas o centro das atenções. Porém como fã da Saga a uns bons 10 anos, acho que posso externar o que todos os outros fãs ao redor do mundo tem se questionado a medida que o evento se aproxima.

Tudo o que estiver exposto no texto parte da minha opinião, você não tem que concordar com tudo o que vou dizer aqui.

O que podemos esperar de Halo Infinite

Halo Infinite (Multi) terá gameplay focado em modo campanha no ...

Mecanicas e Gameplay

Andando por grupos e foruns da Comunidade Halo, o que é mais questionado e debatido é sem duvidas o esquema de Gameplay. Para muitos fãs mais velhos da franquia, Halo perdeu sua essencia (ou pegada) com o passar dos anos. Isso ficou evidente depois da Saída da Bungie(Dev inicial da saga) e a 343 Industries passou a ser responsavel pelo game.

O Primeiro grande Halo feito pela nova desenvolvedora foi Halo 4, sequencia direta de Halo 3 e que carregava o enorme desafio de ser tão grandioso quanto seu antecessor. Porém, foi adicionado uma função basica ao Master Chief que não tinha sido vista até então (com exceção de Halo Reach), o famoso Sprint.

Sprint é a função basica de correr, coisa que já tem na maioria dos FPS’s modernos, mas que causou grande divisória na comunidade Halo. É dificil se pensar em um FPS da atual geração sem essa função, e eu particularmente não acredito que Halo Infinite virá sem Sprint. O estilo dos Halos classicos, mais precisamente a trilogia da bungie consistia em um estilo de Gameplay mais puro, bruto, onde master chief basicamente “andava rapido”, ao estilo de muitos outros jogos do genero da epoca, como Half Life, Counter Strike, Medal of Honor, etc.

Porém, a maior polemica mesmo veio no Halo 5, onde não só foi repetido o Sprint, como também adicionada as funções de Dash aos Spartans. Isso com certeza aumentou ainda mais as discussões e dividiu ainda mais a comunidade. Muitos já não viam Halo mais como um FPS diferenciado, com uma essencia própria, mas apenas um Shooter generico que seguiu as tendencias dos outros grandes jogos do mercado.

Em minha opinião, ficou claro que a 343 tentou se afastar ao máximo da Identidade que a Bungie deu a Halo, e tentou adaptar sua propria essencia a franquia.

É dificil de se imaginar um game da atual geração sem o Sprint. Porém será de grande valor se ao menos eles tirarem a dash e a o ADS, deixando o game o mais bruto possível. O que podemos esperar é um equilibrio maior entre o esquema de gameplay clássico, mas sem se afastar por completo as funções modernas. É um trabalho dificil criar um equilibrio que agrade a todos, mas a 343 parece ter entendido o que seus fãs querem, e esta confiante em seu trabalho.

Em minha preferencia, Halo poderia voltar ao esquema de Gameplay clássica, o mais puro e simples que fez a saga ser grandiosa nos anos 2000. O que tornava Halo mais iconico e diferenciado de outros jogos considerados “rivais”, era justamente se manter diferente no mercado em diversos aspectos e criando um nicho de jogadores de FPS nos consoles muito mais restrito e unico. Se tornar padrão visando atrair um novo publico pode ser bom por um lado, ao atrair mais fãs, porém ruim, já que pode desagradar os jogadores old School da saga. Foi o que basicamente aconteceu em Halo 4 e 5, o que nos leva a criar uma expectativa gigante sobre qual a abordagem que a 343 trará para o novo capitulo de Master Chief e Cortana.

Trilha Sonora

Halo: Combat Evolved Anniversary chega de surpresa para PC no ...

Outro ponto de divisão entre a fanbase de Halo foi a perda de essencia na trilha sonora, onde foi muito notoria na transição da Bungie para a 343. Eu poderia citar Halo Reach já como uma mudança de trilha em relação a trilogia, Porém devemos lembrar que Halo Reach é um Spin Off Prequel, que conta uma historia fora do arco iniciado em Combat Evolved. Então quaisquer coisas relacionadas as mudanças de Reach se tornam nulas. Vamos focar mais nos 5 jogos principais da saga.

Halo 4 abriu um novo arco, com o fim da saga dos Flood, agora outra lore tomava conta, e com isso, um novo clima de guerra. Halo 4 chegou a ser muito criticado por não apostar nas trilhas classicas compostas pelo lendário Martin O’donnel. Mas trazia algo mais compativel com a ameaça que Chief e Cortana estavam enfrentando. Musicas como a trilha 117, captaram bem a essencia do novo arco, porém para muitos fãs conservadores, aquilo não era mais Halo. Não remetia a essencia da franquia, mas a um jogo Scy fy generico. Eu discordo nesse ponto.

Porém de novo, Halo 5 foi onde a polemica aumentou, com trilhas ainda mais distantes, somadas a uma historia que visava seguir a linha do arco estabelecido em Halo 4, mas sem a linda musica 117, que mesmo sendo generica ainda captava bem qual a lore do novo arco. Infelizmente Halo 5 falhou até mesmo em criar uma música genérica.

O que eu espero sem duvidas é que Halo Infinite trará as trilhas clássicas de volta, embora o game seja a abertura pra um novo arco e o fechamento da saga Reclaimer, é mais do que obvio que a trilha de Martin voltará com força. Podemos já ter uma noção disso pelo trailer da E3 2018 e 2019.

Um dos fatores que sempre criaram identidade a uma obra audio visual foi sua trilha. Quando ouvimos a trilha de Star wars, Indiana Jones, Superman de John Willians, elas automaticamente nos teleportam a estes universos singulares e unicos, deixando claro que não ha outra coisa igual a aquilo.

Deixar musicas genericas e sem vida é um dos piores erros que a 343 Pode ter cometido em minha opinião. Eu realmente não consigo puxar a memoria uma musica marcante de Halo 5.

Multiplayer

Halo 3 Heroic Map Pack - an Early Look

Este é outro ponto de discussão, já que não só pra mim mas creio que posso falar pela maioria esmagadora dos fãs, que o Multiplayer apresentado em Halo 4 é de longe o pior da saga e um dos mais mal feitos da historia dos video Games.

Em Halo 5 isso mudou um pouco, com um foco maior no competitivo, o game conseguiu atrair novos jogadores e fazer um game que consegue funcionar dentro de sua proposta. Mas ai, entra o mesmo ponto citado na trilha sonora, infelizmente, para muitos, não era mais Halo.

Com a visão de atrair novos jogadores, a 343 criou um game focado no competitivo, enquanto a Bungie criou Halo visando a exploração de seu SandBox. Isso novamente divide opiniões. Halo 5 agradou a muitos, desagradou a outros, porém para mim conseguiu fazer um jogo Multiplayer que consegue segurar a atenção, com os modos simples de arena Shooter e um sistema simples de progressão e patentes.

Um ponto polemico de Halo 5 foram os pacotes REQ, que apostam em um Loot Box generico, além do sistema de micro transação do game que muitos infelizmente insistem defender. Além disso também foi adicionado o modo Warzone, que aposta em uma grande arena onde times de 8 jogadores disputam objetivos. Este modo se divide em: Derrotar a equipe inimiga e vencer Npc’s inimigos, ou então uma equipe unica tenta completar objetivos enquanto luta contra os mesmos Npc’s.

O Warzone agradou a novos jogadores e foi uma aposta certeira ao trazer mais fãs, porém pra mim foi um modo extremamente generico e enjoativo que pouco me agrada. Mas, eu não tiraria de Halo Infinite, uma vez que é apenas mais uma opção de jogo, onde joga quem quiser; Simples.

O que eu aposto em Halo Infinite é a remoção dos pacotes REQ, e um jogo que explore mais o SandBox, tentando puxar mais para o estilo de Halo 3, que para muitos é considerado o MP mais equilibrado da saga. Porém o problema de se falar como será o MP do game, é que infelizmente a forma como ele vai funcionar esta totalmente atrelado a Gameplay.

Há também o rumor de que Halo Infinite pode vir com um Battleroyale. Eu detesto B.R, porém mantenho a minha opinião igual a do Warzone: É bem vindo, jogue quem quiser. Opções sempre são bem vindas para os diferentes jogadores.

Contanto que a art style, o SandBox e o esquema de Gameplay puxe o maximo possivel para o clássico, eu não terei o que reclamar dos modos de jogo no Multiplayer.

Art Style

XboxAchievements.com - View Single Post - Halo 4 Legendary Guide ...

Em Halo Combat Evolved, podemos ver que as estruturas Forrerruners apresentam um estilo bastante diferente do que foi mostrado em Halo 4. Infelizmente a mudança de identidade de Halo feito pela 343 foi tão grande que um dos pontos fundamentais do game foram modificados. Mudaram não só cenarios, estilos de armadura, como também veículos e até mesmo o design de alguns dos Covenants.

A mudança mais perceptivel sem duvidas está na adição de luzes de forma totalmente exagerada. Se você jogou qualquer um dos Halos antigos, é notavel como era mais “puro” e clean cada canto que voce andava. Mesmo em lugares como a High Charity ou as fragatas Convenants, a luz conseguia ser timida e até bela.

Halo 4 e 5 apostam em cenarios mais coloridos, e mais iluminados artifcialmente, passando a impresão de se estar dentro de uma Matrix ou assistindo a um filme de Tron.

Inimigos como os Sanghelios (Elites) e Jackals, tiveram sua aparencia modificada, perdendo e muito da identidade visual. Somando isso a mudança de trilha sonora como foi abordado anteriormente, da pra compreender as criticas que muitos conservadores fizeram. Quando uma obra perde sua identidade audio visual, infelizmente ela tende a virar só mais uma, e para um fã de verdade, não é simples ver seu universo preferido ser jogado a estante generica. Tudo dentro de Halo é tão unico, iconico, que se torna um trabalho até dificil ver a minima mudança possível.

O que é muito esperado é que a 343 reconheça esse erro, e em Halo Infinite traga algo mais puro, simples, mas que seja Halo. pelo Trailer da E3 2018 que mostrava uma bela planicie, e da E3 2018, podemos ter boas esperanças de que ao menos isso será corrigido.

História e Lore

Halo 3 1080p HD - Master Chief Finds Cortana Scene - YouTube

Agora o ponto final que para mim como fã dessa saga fabulosa,só consigo sentir preocupação e esperanças ao mesmo tempo

O que sempre me fez ser fã de qualquer game foi sua historia, e o universo de Halo apresentou um universo gigantesco, profundo, filosofico. Para qualquer fã de Ficção cientifica e historias militares, Halo enche os olhos. Porém após o fechamento da saga dos Flood em Halo 3, a queda de qualidade na historia (para mim) foi gritante. Não que a historia de Halo 4 seja ruim, já que ela aposta em uma nova ameaça, algo desconhecido, e grandioso como os Forrerruners. Porém se pegarmos tudo o que temos sobre estes seres criados pela Bungie, e o que foi mostrado pela 343 com um Didact que perdeu a luta em uma QTE, chega dar pena.

A historia de Halo 4 e 5 tentou expandir sua Lore para algo maior, tentou puxar para o passado da humanidade, a origem de todas as coisas, e diferente da trilogia inicial, onde era focado na Guerra Humanos X Covenants x Flood; a 343 expandiu.

Mas sabe quando dizem, nem sempre maior, quer dizer melhor ? pois é. A 343 apostou em algo tão grandioso e tentou se afastar tanto da proposta da Bungie, e infelizmente falhou para mim. Se voce ler os livros de Halo, voce nota que há muita coisa a ser contada, porém parecem que os devs da 343 não leram ou tiveram preguiça. Primeiro por limitar o Didact, que é de extrema importancia para a Mitologia Forrerruner, a um alien generico com frases prontas e que perdeu pra uma I.A. Claro que se você jogar Halo 4 vai entender que após a conversa de Chief com a Librarian, o jogo deixa bem claro como o heroi conseguiu derrotar o antagonista: Você é o resultado de milhares de anos de evolução. Mas para mim não foi convicente o suficiente dentro do que o proprio game construiu.

Ao mesmo tempo que Halo 4 tenta apostar em um Chief mais humanizado, ela te tras a ideia de que ele é um super humano capaz de vencer um super alienigena de milhares de anos.

Isso para mim é uma falha, já que sem dizer uma palavra, Master Chief já passava a ideia de seu empoderamento na trilogia. Porém apesar de inferior (para mim) a trilogia da Bungie, Halo 4 consegue ter uma historia singular muito bacana e é um bom jogo.

Mas o erro maior foi cometido em Halo 5, com a aposta em um novo protagonista conhecido como Spartan Locke, o jogo não só falha em criar um carisma para o novo personagem, como afasta a identidade de Chief, resumindo a trama do jogo a apenas o heroi indo atras de Cortana a procura por respostas, e Locke caçando Chief e tentando descobrir quais os planos de Cortana.

Resumindo, a 343 não só criou um personagem fraco, como enfraqueceu um personagem que era forte dentro de uma historia sem consistencia. Isso para mim como fã foi um pecado mortal e coloco facil Halo 5 como o pior da franquia.

Halo 2: Aniversário chegando ao PC, juntamente com muitos ...

Segundo a 343, Halo Infinite será um Reboot espiritual da saga, então particularmente eu tenho a esperança de que Halo conseguira não só manter a lore expandida da saga Reclaimer, como restaurar a essencia magnifica da trilogia. Espero um foco maior em Master chief, não como um soldado humanizado, mas um “Demonio” que faz o necessario para salvar a galaxia. Espero cenas de tirar o folego como a de Halo 2 onde o herói devolve a bomba pro Covenant.

A historia de Halo precisa focar no simples, mas efetivo como sempre foi. Em minha opinião, se os Floods voltarem ( o que já é quase certo), criarem uma identidade visual para o vilão do jogo, que aparentemente será o Atriox e os Banidos, somado a uma trilha sonora iconica, uma art style marcante, e souber trabalhar na expansão da Lore de Halo 4 e 5, Halo Infinite tem tudo para ser não só um grande jogo, como até mesmo o melhor da saga.

Há muita expectativa por trás desse game, teorias sobre o que acontecerá com Cortana, quem é o misterioso piloto do trailer da E3 2019, como será o encontro de Chief com os banidos, como será o retorno do Flood, qual o papel do Covenant nisso, qual será o destino de Spartan Locke e a equipe Osíris. Enfim,Halo é a aposta final da desenvolvedora e dos fãs. Eu espero daqui 3 dias ver algo grandioso, tenho esperanças de que a desenvolvedora escutou os fãs, reconheceu seus erros e não só resgatará a identidade de Halo, como vai saber equilibrar o novo com o clássico e marcar a industria dos vídeo Games e a proxima Geração do Xbox.