Siga-nos:

Ninja Theory vai tentar alcançar o fotorrealismo em Senua’s Saga: Hellblade II

Estúdio está procurando artistas para Hellblade 2 com experiência em fotorrealismo.

Mesmo com a nova geração de consoles, ainda não estamos na era do fotorrealismo que é quando o gameplay irá se confundir com uma cena de filme, por exemplo. Ainda assim, a Ninja Theory parece estar determinada a isso. Desde que o vimos pela primeira vez no The Game Awards 2019, tivemos mais perguntas do que respostas. Sim, Senua’s Saga: Hellblade II parecia impressionante e foi capaz de captar muito bem a atenção do público em geral, mas não sabemos o que vamos enfrentar quando vir a luz exclusivamente no Xbox e PC.

Se eu tivesse que apostar, diria que é mais do que possível que seja lançado em 2021 ou 2022, mas no momento é só especulação. A verdade é que a Ninja Theory não falou muito sobre este novo episódio, e os fãs estão já com sede por novas notícias.

O fato é que se há alguns dados que pudemos aprender ao longo dos meses, o primeiro é que a jornada de Senua será muito mais ambiciosa do que nunca, e o segundo é que o jogo usará Unreal Engine 4.5 para dar pule para o Unreal Engine 5 conforme as ferramentas se tornem disponíveis.

Mais uma informação que hoje conhecemos graças a uma oferta de trabalho é que o estúdio está procurando artistas para Senua’s Saga: Hellblade II com experiência em fotorrealismo. Essa é uma descrição do candidato que procuram:

Você criará personagens excepcionais e realistas que definirão o padrão do que é possível em tempo real. Você usará a solução profunda de problemas para ajudar a construir conjuntos de ferramentas e integrar processos de ponta em todos os aspectos da produção de personagens. Você usará essas habilidades para gerar trabalho líder do setor. Você fará parte de uma pequena equipe de profissionais experientes e amigáveis ​​que valorizam a comunicação, a colaboração e um desejo ardente de autoaperfeiçoamento.

É fácil não acreditar que eles consigam o fotorrealismo, mas quando você olha para os gráficos ou mesmo o rosto de Senua na geração passada com uma equipe de um pouco mais de uma dezena de desenvolvedores, você realmente sente que eles podem conseguir. O primeiro Hellblade já foi tecnicamente impressionante.

Entre as habilidades que procuram estão a experiência em Unreal Engine 4, a capacidade de criar materiais e superfícies com belas texturas e um forte conhecimento de anatomia [prepare-se para desmembramentos em combates]. Quem ocupar esta vaga deverá entrar para ajudar no polimento do jogo.