Microsoft recomenda não cobrar por upgrades para o Xbox Series X

Mas diz que cada editora decide o que fazer

A Microsoft vai apostar na funcionalidade Smart Delivery para assegurar que basta comprar uma unidade dos jogos desenvolvidos internamente e poderás jogá-los no Xbox One ou Xbox Series X sem custos adicionais.

No entanto, algumas editoras poderão ter outros planos (como a EA revelou para os seus jogos cross-gen) e apesar da lista inicial de jogos com Smart Delivery ser relativamente pequena, fontes não oficiais avançam que a Microsoft está a recomendar às editoras ativar esta funcionalidade ou uma similar sem exigir custos aos jogadores.

Segundo revelado pelo VGC, o Xbox não permitirá que seja cobrado como DLC o acesso à versão Xbox Series X de um jogo cross-gen que comprou no Xbox One e que quem não aderir à Smart Delivery, deverá apresentar programas de upgrade similares aos da EA, chamado “Dual Entitlement”.

Se a editora insistir em vender os seus jogos cross-gen sem qualquer tipo de acesso gratuito à outra versão, o Xbox recomenda apresentar bundles “cross-gen” que permite obter os dois jogos por um preço inferior ao da compra em separado de ambas as versões.

Este é o esquema adotado pela 2K Games para NBA 2K21, que permitirá adquirir as versões de atual e próxima geração por 99.99€, através da Mamba Forever Edition. Comprar as duas versões em separado significaria pagar 129.98€.

A Microsoft reforça que os jogadores devem estar no centro do negócio e que terão de ser respeitados nesta fase de transição que poderá apresentar alguns contra-tempos.

“No Xbox, o jogador está no centro de tudo o que fazemos e é por isso que estamos empenhados em apoiar os exclusivos do Xbox Game Studios, incluindo Halo Infinite, com a Smart Delivery, fornecendo a melhor versão possível no console onde vai jogar.”

No entanto, o representante do Xbox que respondeu ao pedido de esclarecimentos do VGC acrescentou ainda que “cada editora decidirá se implementa a Smart Delivery e pode escolher usá-la em jogos que chegam primeiro ao Xbox One e mais tarde ao Xbox Series X.”

Fonte:eurogamer