Siga-nos:

Microsoft promove Phil Spencer a CEO do Microsoft Gaming

Junto da bombástica notícia que a Microsoft está comprando a Activision Blizzard por um negócio num valor de quase US$ 70 bilhões, o que integrará os mais de 20 estúdios da empresa nos atuais 23 da Xbox Game Studios, mudanças de cargo foram feitas em toda a divisão de videogames da Microsoft.

Primeiramente, o Xbox Division agora se torna um dos 3 principais negócios da Microsoft, se colocando lado-a-lado do Azure Division (Computação em Nuvem) e Windows Business Division (PC), enquanto outras divisões como o Office, Surface, Nuance Communications, Skype, LinkedIn, AltSpaceVR e Bing se tornam divisões de importância similar.

Com isso, mudanças corporativas também aconteceram ao Xbox. Uma divisão conjunta ao Xbox foi criada em 2017 chamada Microsoft Gaming, no qual fundia também negócios como o PlayFab, Azure Gaming, Havok Technologies e Simplygon Studios, cujo era liderada por Phil Spencer, como CVP (Vice-Presidente Corporativo).

Microsoft Gaming

Spencer agora será o CEO de todo esse negócio, que obviamente engloba a divisão Xbox, enquanto ele permanece o Chefe Interino do Xbox. Matt Booty, chefe da Xbox Game Studios, se manterá no papel, enquanto também é promovido a Co-CEO do Xbox, reportando diretamente a Spencer.

Enquanto isso, Sarah Bond, atual Vice-Presidente do Xbox, é promovida a Presidente do Xbox Gaming Ecossystem, área que tratará de cuidar de todas as relações entre os 15 estúdios da Xbox Game Studios, 7 estúdios da ZeniMax e 20 estúdios da Activision Blizzard, bem como lida com a parte de software do Xbox, como o Xbox Game Pass, Xbox Play Anywhere e Xbox Cloud Gaming.

A compra da Activision Blizzard pela Microsoft/Xbox manterá o atual CEO da empresa, Bobby Kotick, em seu cargo, reportando cujo reportará diretamente a Phil Spencer, algo que também acontece a James L. Leder (Presidente da ZeniMax Media), que também reporta a Spencer.

Mike Ybarra, Presidente da Blizzard Entertainment, reportará para o Co-CEO do Xbox, Matt Booty, assim como Pete Hines, Vice-Presidente Geral da Bethesda Softworks, que também reportará a Booty, numa integração conjunta que une todos os estúdios do Xbox.

A finalização da compra da Activision Blizzard pelo Xbox está cotada para ser completada em Junho de 2023, e até lá a empresa seguirá como atualmente, agindo de forma Independnete e mantendo seus acordos intactos (como o de Call of Duty com o PlayStation, que deve permanecer inalterado até a Microsoft finalizar a compra da gigante americana).

Klobrille, famoso insider do Xbox, expôs um pequeno slide de como os jogadores devem esperar a divisão Xbox em 2023, após a aquisição ter sido completada e a Activision Blizzard ter sido adicionada em totalidade aos Xbox Game Studios, formando uma “super-editora”. Confira:

Xbox Game Studios

Microsoft Gaming (usando o nome Xbox Division) a partir de 2023 será composta pelas divisões:

  1. Activision Blizzard King (20 estúdios)
  2. Xbox Game Studios (15 estúdios)
  3. ZeniMax Media/Bethesda Softworks (7 estúdios)

Fonte:gamevicio