Microsoft já pensou em lançar Halo no PlayStation

Hoje o portal IGN compartilhou na internet uma matéria no qual entrevistou Peter Moore, conhecido principalmente por já ter sido chefe do Xbox e supervisionado o Xbox 360.

Peter Moore é bastante querido pelos fãs do Xbox, bem como toda a indústria no geral e durante essa entrevista, ele foi questionado sobre diversos tópicos diferentes, incluindo sobre o novo plano da Microsoft lançar seus jogos em outras plataformas e se ele teria feito a mesma coisa no passado.

Curiosamente, Peter Moore revela que no passado teve conversas com a Microsoft sobre levar Halo no PlayStation. Ao mesmo tempo, ele lembra de quanto o jogo poderia faturar.

Pergunta: “A Microsoft recentemente lançou alguns de seus exclusivos no PlayStation e no Nintendo Switch. Há relatos de que a Microsoft está considerando trazer outros jogos mais proeminentes para consoles concorrentes. Quando você estava no comando do Xbox, você teria feito isso? E por que você acha que a Microsoft está fazendo isso agora?”

Peter Moore:

“Eu acho que eles estão dando uma espiada para ver como tudo isso funciona. E você faz isso um pouco timidamente e vai, tudo bem, vamos testar o ecossistema aqui. Não estamos lançando o Halo assim do nada.”
“Eu me lembro de conversas sobre o Halo no PlayStation. Você está constantemente observando. Entramos em jogos de guerra, o que fizemos antes do lançamento do Xbox 360 como equipe. Fomos embora por alguns dias e eu desempenhei o papel de Ken Kutaragi, e isso foi fascinante para mim. A McKinsey, o grupo de consultoria, organizou isso e a ideia é que você entenda melhor sua concorrência quando faz alguns jogos de guerra.”

“Meu trabalho era, como o PlayStation reagiria ao Xbox 360 e o que eles fariam, assim como fizeram comigo no Dreamcast com medo, incerteza e dúvida? Passamos dois dias nisso e aprendemos muito. Isso nos assustou porque você fica chocado ao descobrir, bem, eu não tinha pensado nisso. Você quer dizer que eles podem fazer isso conosco ou isso pode acontecer? E assim você está constantemente pensando em cada cenário, por mais ridículo, disruptivo ou radical que pareça. Você tem que, absolutamente tem que.”

Pergunta: “Uma vez em que você subiu ao palco e mostrou ao mundo uma tatuagem do Halo 2 para promover o Xbox. Agora, você vê a Microsoft lançando o Halo no PlayStation?”

Peter Moore: “Olha, se a Microsoft diz, espera, estamos gerando $250 milhões em nossas próprias plataformas, mas se pegássemos o Halo como, digamos, uma terceira parte (third-party), poderíamos gerar um bilhão… Você tem que pensar muito sobre isso, certo? Quero dizer, você simplesmente tem que pensar, sim, deveríamos mantê-lo? É um pedaço de propriedade intelectual. É maior do que apenas um jogo. E como você aproveita isso? Essas são as conversas que sempre acontecem, como aproveitá-lo em tudo que fazemos.”
“Teve seus altos e baixos, mas olha, o Xbox não seria o que é sem o Halo. Mas sim, tenho certeza de que essas conversas estão acontecendo. Se elas se concretizarão, quem sabe? Mas elas estão definitivamente acontecendo, tenho certeza.”

Últimas notícias

Crash Bandicoot 5 teria sido cancelado pela Microsoft

Recentemente, foi revelado que Crash Bandicoot N. Sane Trilogy...

Xbox Game Pass vai receber 5 jogos lançamentos nesta semana

Conforme revelado nos últimos meses, o Xbox Game Pass...

Xbox libera de surpresa um jogo para resgatar gratuitamente

Stampede: Racing Royale está disponível gratuitamente para usuários do...

Jogo promete usar todo o poder do Xbox Series X

A Crytek está lançando versões de Hunt: Showdown para...

Xbox Game Pass Ultimate ainda pode ser adquirido pela metade do preço

Como você deve saber, a Microsoft decidiu mudar um...