Microsoft Flight Simulator deve movimentar R$ 14,6 bilhões em vendas de hardware para PC

Ao longo de três anos

O lançamento de Microsoft Flight Simulator vai beneficiar imenso o mercado de hardware do PC, prevê a firma de analistas Jon Peddie Research.

A firma, que se especializa na análise de quanto os jogadores gastam em hardware, lançou esta semana um relatório de previsão em que estima gastos superiores a R$ 14,6 bilhões com o intuito de melhor a experiência no novo simulador de aviação da Microsoft.

O valor tem por base uma estimativa de 2.27 milhões de unidades vendidas ao longo de três anos. Ted Pollak, analista sênior da indústria de jogos, disse que “os simuladores de aviação são incrivelmente exigentes na capacidade de processamento e recompensam resoluções elevadas, grandes ecrãs, e uso de VR”.

“Quando os simuladores de aviação são lançados, o hardware para os correr em configurações máximas nem sequer existe ainda. Isto cria uma situação de procura constante por hardware ao longo do ciclo de vida do título em que os fãs perseguem a melhor experiência”, explicou.

“Um número significativo de fãs de simulação de aviação apenas jogam simuladores de aviação. Levamos isto em conta quando calculamos o dinheiro que será gasto especificamente ou parcialmente por causa deste jogo.”

Clique para ver a imagem em tamanho original

O hardware para jogos de aviação consiste em coisas como sistemas HOTAS, que custam facilmente para cima de R$ 662,89. Depois ainda existe a questão de maiores monitores ou múltiplos monitores, ou até mesmo sistemas de realidade virtual (Microsoft Flight Simulator terá suporte para isto mais tarde).

Fonte:eurogamer