Microsoft diz que não colocou a Retrocompatibilidade do Xbox Series X e Xbox Series S com intuito de vender mais jogos antigos

Mas sim de não colocar limitações nos jogadores para acessarem sua biblioteca de jogos

Em uma entrevista recente ao portal Inverse, a Microsoft Gaming and Entertainment decidiu explicar em detalhes quais são as razões que a levaram a implementar a compatibilidade com versões anteriores com todas as gerações anteriores nos Xbox Series X|S.

Aqui estão as palavras de Jason Ronald, diretor de gerenciamento de hardware e software do Team Xbox:

“Com exceção dos videogames, não existem outras formas de entretenimento como o cinema ou a música em que você não possa transferir o catálogo de um dispositivo para outro.”

“Queremos oferecer o mesmo tipo de experiência com jogos. Quando as pessoas decidem investir em nosso ecossistema com seu tempo e dinheiro, queremos garantir que seu esforço seja respeitado.”

“Não se trata de vender mais algumas cópias, mas de preservar a forma de arte que conhecemos e amamos.”

Portanto, parece que não há intenção por parte da gigante de Redmond de monetizar graças à compatibilidade com versões anteriores e que esse recurso foi projetado principalmente para permitir que todos os futuros compradores de consoles de próxima geração joguem qualquer produto que esteja em sua biblioteca física ou digital, sem qualquer tipo de limitação.

Os Xbox Series X|S serão lançados em 10 de Novembro de 2020.

Fonte:everyeye