Metal Gear Solid V The Phantom Pain completa 5 anos de vida hoje

O último jogo de Hideo Kojima na Konami, e a última grande produção da Konami

Contar toda a história de desenvolvimento, superação, falhas e conquistas desse jogo demoraria muito, mas felizmente, tudo se saiu bem no final. Metal Gear Solid V The Phantom Pain foi lançado em 1 de Setembro de 2015, e hoje completa seus 5 anos de vida.

A produção que chegou ao Xbox One, PS4, Xbox 360 e PS3, foi a última desenvolvida por Hideo Kojima na Konami, na época em que ele era Vice-Presidente da empresa. Também é a última grande produção da Konami, e o primeiro jogo a usar da espantosa Fox Engine.

Metal Gear Solid V também contém outras lembranças que podem ser agridoce aos olhos de muitos. Foi o último jogo produzido pela Kojima Productions original, e também o último jogo da Kojima Productions Los Angeles.

Logo após seu lançamento, a Konami encerrou a KojiPro original, que estava se chamando na época de ‘Konami Development Studio-7’, enquanto a Kojima Productions Los Angeles ainda permaneceu viva até Novembro de 2015, fechada logo após o lançamento de Metal Gear Online, em Outubro de 2015.

No jogo, você é Venom Snake, numa sequência direta dos jogos Metal Gear Solid: Peace Walker e Metal Gear Solid V: Ground Zeroes, onde terá de encarar seus últimos rivais numa longa aventura de Ficção Militar Científica com elementos Sobrenaturais, que neste jogo, tomou o aspecto de Mundo-Aberto, e claro, foi fiel ao máximo em seu género de Espionagem (Stealth / Tatical Espionage Operations).

Clique para ver a imagem em tamanho original

O jogo foi campeão de vendas até a presente data, com cópias ve didas acima dos 7 milhões de unidades, além de ter conquistado a crítica com uma média de 95+, ganhando prêmios como Best Action and Aventure Game e Best Soundtrack no The Game Awards 2015.

Também foi alvo de polêmicas devido aos seus atrasos, a falta de cooperação entre Japoneses e Americanos devido a distância entre a Kojima Productions e Kojima Productions Los Angeles.

E apesar de até hoje muito se perguntarem onde está o final da trama, onde ainda falta a última cutscene nunca terminada por Kojima devido a pressa para entregar o jogo, até hoje é lembrado com muita alegria.

Feliz aniversário, The Phantom Pain.

Fonte:gamevicio