Siga-nos:

Mais detalhes sobre o desastre de Cyberpunk 2077 foram divulgados

Conselheiros da CD Projekt ganharão um bônus muito maior do que os dos funcionários

Numa sexta-feira casual, assim como numa das passadas onde tivemos um grande relatório da Bloomberg e Jason Schreier para falar da Sony PlayStation e seus estúdios, eles agora estão de volta com um grandioso relatório, e o assunto da vez é ninguém menos do que Cyberpunk 2077 e a CD Projekt RED.

Após o desastroso lançamento do título que colocou uma grande crise dentro da estrutura da CD Projekt S.A. e todas suas operações, forçando a demissão e saída de diversos devs, incluindo uma total reestruturação corporativa que tirou a ideologia ”Rockstar Games” da empresa e colocou uma de múltiplos projetos AAA ao mesmo tempo, semelhante a Ubisoft, agora mais novidades vem dos bastidores.

Como você pode ver em cima, o assunto vai de encontro ao polêmico caso de bônus salarial e do prejuízo com Cyberpunk 2077, que apesar de ter vendido 13 milhões de cópias em menos de 6 meses, não foi um lucro tão exorbitante quanto ao que estavam planejado originalmente.

”Após o fracasso de Cyberpunk 2077, os membros do conselho da CD Projekt receberão bônus enormes de US$ 4 a US$ 6 milhões. Enquanto isso, alguns funcionários dizem que receberam bônus menores do que o esperado porque os conselheiros não atrasaram o jogo.”
”Os funcionários disseram que seus bônus variaram de US$ 5 mil a US$ 20 mil. Um porta-voz da CDPR disse que a média era de ~US$ 34k. A equipe esperava mais para seu primeiro grande jogo em 5 anos, e os bônus, vinculados à participação nos lucros, teriam sido muito maiores se o Cyberpunk não tivesse sido uma bagunça no lançamento.”, diz Jason Schreier.

”Um porta-voz da CDPR me disse que eles alocaram US $ 29,8 milhões em bônus para 865 funcionários. A CDPR alocou US$ 28 milhões em bônus para 5 membros do conselho.”
”Mas ouvi boas notícias da Polônia esta semana. Um funcionário da CDPR me disse que após os relatórios da Bloomberg e muitas análises e reclamações internas, a empresa fez uma reavaliação salarial e aumentou os salários de alguns dos funcionários mais mal pagos, incluindo o controle de qualidade.”

”Em uma teleconferência da CD Projekt, alguém perguntou se esses bônus executivos eram “apropriados”. Aqui está a pergunta completa e a resposta completa do co-CEO Adam Kiciński. Kiciński deve receber um bônus de US$ 6,3 milhões.”

Fonte:gamevicio