Jogos do Xbox One não afetarão a qualidade dos jogos no Xbox Series X, diz Phil Spencer

Relembra a realidade do PC

Phil Spencer, chefe da divisão Xbox da Microsoft, acredita que só podem estar brincando quando dizem manter o suporte ao Xbox One significará que as versões de jogos no Xbox Series X não alcançarão todo o seu potencial.

Em conversa com o GamesIndustry, a mesma na qual afirmou que está sempre atento a possíveis novas aquisições, Spencer falou sobre essa temática que aborda a possibilidade de lançar jogos cross-gen signifique limitações no seu design.

“Francamente, prejudicada é um meme criado por pessoas demasiado apanhadas na competição entre dispositivos,” diz Spencer sobre essa ideia.

“Eu olho para o Windows e tenho quase a certeza que se um criador estiver criando uma versão para o Windows, a versão mais poderosa e com maior fidelidade, será a versão PC. Consegue ver isso até com alguns dos nossos jogos first-party de console que vão para o PC, mesmo com os jogos da concorrência, que as versões mais ricas são as versões do PC.”

Spencer diz que os inúmeros componentes do PC, seja gráficas ou processadores ou outros, não criaram atritos no desenvolvimento e os estúdios suportam uma gama incrível de especificações e poder.

“Esta ideia que os programadores não sabem construir jogos ou motores de jogo ou ecossistemas que funcionam em uma variedade de hardware, o PC prova que isso não é verdade.”

Além disso, Spencer diz que existem diversas áreas que mostrarão grandes avanços e até elogia o trabalho da Sony no PlayStation 5. Desde o SSD que permitirá reduzir ao mínimo ou até erradicar os loadings, fps e resoluções superiores ou até controles com menor latência, Spencer não duvida que o Xbox Series X mostrará grandes avanços sobre o Xbox One X.

Fonte:eurogamer