Siga-nos:

Jeff Grubb fala sobre a aquisição da Ubisoft pela Microsoft

Para o jornalista e insider Jeff Grubb, a aquisição da Activision pela Microsoft teria sido tão impactante no mercado a ponto de causar um efeito cascata que, nos próximos meses ou anos, também fará empresas como a Ubisoft a se venderem, seja para a própria Microsoft ou outra gigante do setor.

Questionado sobre o assunto por um de seus seguidores, o conhecido jornalista do VentureBeat retomou suas prévias anteriores sobre os efeitos da fusão entre Activision Blizzard e Xbox para explicar que:

“Quando eu disse no início deste ano que todas as empresas do setor estavam ficando loucas com a aquisição da Activision, eu estava falando sério. Isso, no entanto, não significa que a Microsoft queira adquirir alguém. Só sei que todas as empresas, na época, estavam reconsiderando cuidadosamente sua posição em relação a uma potencial fusão ou oportunidade de aquisição.”

De acordo com os relatos de Grubb, a enorme quantia de dinheiro lançada pela Microsoft para adquirir a Activision Blizzard, de quase US$ 70 bilhões (68,7 bilhões, para ser preciso) teria abalado a indústria de jogos a ponto de empurrar outras empresas do setor a rever profundamente seus planos de médio-longo prazo e pensarem se não é mais produtivo se venderem/fundirem com outras editoras agora, uma vez que o futuro para elas se torna incerto quando a maior editora Third-party da indústria por quase 2 décadas (Activision Blizzard) está com dias contados para sair do mercado e se tornar parte dos estúdios First-party do Xbox Game Studios.

Independentemente do futuro da Ubisoft e das outras gigantes dos jogos que possam estar envolvidas em aquisições, segundo o jornalista da VentureBeat, o momento para o anúncio de um nova união “estilo Xbox x Activision” ainda estariam prematuros, especialmente no que diz respeito a própria Microsoft.

Como o próprio Grubb aponta, é altamente improvável que a divisão Xbox da Microsoft formalize um novo “golpe de mercado” e queira adquirir outra editora do escopo da Ubisoft antes de concluir o processo burocrático que trará a Activision Blizzard para a família Xbox. Porém, a partir de 2023 a empresa comandada por Phil Spencer estará pronta para realizar outro ataque, como já noticiamos antes.

Fonte:gamevicio