Siga-nos:

Homens jovens têm preferido jogar videogame a fazer sexo

Aumento no acesso à pornografia e diminuição do consumo de álcool também aparecem entre motivos; confira a pesquisa realizada nos EUA

Os jovens preferem jogar videogame a fazer sexo, de acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos. Publicada no dia 22 de março pela Rutgers University (New Jersey) em parceria com a New York State University, uma pesquisa entrevistou cerca de dois mil homens e mulheres entre os anos de 2007 e 2017, buscando os motivos do atual declínio da atividade sexual casual entre os jovens . A principal causa encontrada, em geral, para a queda no consumo de bebidas alcoólicas, mas, no caso específico dos homens, jogar videogame apareceu em segundo lugar, com 25% das respostas.

De acordo com o estudo, entre os jovens de 20 a 24 anos, a proporção dos que afirmam não ter feito sexo casual no último ano passou de 11,7% para 15,2%. Quando considerados apenas os homens de 18 a 24 anos, esse aumento saltou de 18,9% para 30,9%. Entre o público masculino, cerca de 1/4 da queda foi atribuído à prática de jogar videogame. Segundo os números, a possibilidade de um homem que joga videogame diariamente ter sexo casual é menos da metade da possibilidade de um homem que não joga.

Embora a queda no consumo de álcool tenha sido o principal motivo da queda – tanto entre homens quanto entre mulheres -, não houve um segundo fator identificado para o público feminino. O estudo também não encontrou nenhuma outra evidência que pudesse explicar o declínio da atividade sexual entre os jovens, como situação financeira ou uso excessivo da Internet ou da televisão, por exemplo. O fato de ainda morarem com os pais, por sua vez, afetou apenas 10% dos entrevistados.

Fonte:techtudo