Siga-nos:

Ghostwire Tokyo foi planejado para ser The Evil Within 3

O projeto recebeu novidades suficientes que justificassem a crianção de uma nova propriedade

A GameSpot conversou com Kenji Kimura, diretor criativo de Ghostwire: Tokyo, e durante o bate-papo com o diretor japonês, eles descobriram que o jogo começou originalmente como The Evil Within 3, até acabar tomando um rumo diferente e se tornar uma IP nova.

Com The Evil Within 3 (talvez ainda em mente para o futuro), a Tango Gameworks queria experimentar novas mecânicas e aplicar tudo o que deu certo no jogo anterior de forma mais ampla.

Se o The Evil Within original era uma homenagem a Resident Evil 4, The Evil Within 2 tentou amplificar tudo isso de maneira inovadora com seu mundo semi-aberto. Para o terceiro jogo a Tango Gameworks queria abordar novas formas de ligar a história de Sebastian ao jogador, no entanto, durante o desenvolvimento foi preferido dar vida a uma Nova IP, principalmente porque o estúdio não queria estragar a essência que fez The Evil Within ser tão conhecido pelas pessoas.

Ghostwire: Tokyo é um jogo de ação-aventura em primeira pessoa com temática sobrenatural, portanto, muito diferente de um survival-horror tradicional, daí a necessidade de dar vida a um projeto completamente novo, para explorar outras direções criativas em total liberdade.

Ainda nessa entrevista, Kimura não confirmou se The Evil Within 3 existe ou não, levantando um mistério para nós. Será que veremos um terceiro jogo da franquia? Pelo que sabemos, a Microsoft renovou as licenças da IP em 2021, e nesse mesmo ano foi confirmado que John Johanas, diretor de The Evil Within 2, está trabalhando em um novo jogo não anunciado da Tango Gameworks.

Por enquanto tudo está em silêncio, mas quem sabe no futuro o detetive Sebastian Castellanos não possa retornar com um jogo de terror de grande impacto.

Ghostwire: Tokyo será lançado em 25 de março de 2022 para PS5 e PC. Será um ano antes de estar disponível nas plataformas Xbox por causa de um acordo de exclusividade cronometrado feito antes da Microsoft adquirir a Tango Gameworks.

Fonte:gamevicio