Siga-nos:

Epic Games suspende a venda e uso de Fortnite na Rússia

A Epic Games se alinha com a Apple, Disney, Electronic Arts, Google, Microsoft, Nintendo, Sony, CD Projekt RED, Activision Blizzard, e muitas outras empresas ativas no mundo da tecnologia e do entretenimento, optando por tomar partido em apoio a população ucraniana.

Na noite de ontem, a Epic Games anunciou a paralisação de todas as vendas de seus jogos, incluindo Fortnite, na Rússia. Ao mesmo tempo, a empresa de Tim Sweeney optou por deixar todos os canais de comunicação do jogo funcionando, por motivos sociais.

“A Epic parou de negociar e vender seus produtos com a Rússia em nossos jogos e serviços em resposta à invasão da Ucrânia”, diz o comunicado oficial disponível no Twitter.
“Não bloquearemos o acesso ao canal de comunicações pelo mesmo motivo que outras ferramentas permanecem online: O mundo livre deve manter abertos todos os canais de diálogo.”

Nos últimos dias, muitas outras empresas também tomaram medidas. A Microsoft parou de vender hardware, software e serviços na Rússia, enquanto a Nintendo suspendeu os pagamentos em rublos na eShop.

Entre as outras iniciativas nascidas no mundo dos videogames também mencionamos os 200.000 euros doados pela CD Projekt RED, o bloqueio de vendas através do GOG na Rússia, os 200.000 dólares doados pela The Pokémon Company e os 50.000 doados pela Remedy, a remoção de todas as equipes do FIFA 22 e a suspensão da venda de jogos da Activision Blizzard na Rússia.

Por outro lado, temos a iniciativa da Hi-Rez Studios, que optou por continuar as vendas na Rússia para doar todos os seus rendimentos ao UNICEF para apoiar as crianças ucranianas.

Fonte:gamevicio