Siga-nos:

EA pode ter cancelado futuro das franquias DiRT

De acordo com Tom Henderson, a Electronic Arts (EA) estaria fazendo uma série de mudanças nos futuros planos para as franquias da Codemasters, empresa adquirida pela EA em 2021 por cerca de US$ 1,2 bilhão.

Após prometer não realizar qualquer intrusão interna sob os desejos de criação do estúdio e seu futuro ser como uma subsidiária “independente” dentro dos EA Studios, parece que a editora não ficou nada feliz com os recentes resultados da empresa de corrida, e uma das medidas tomadas foi de descontinuar por completo a série DiRT (incluindo os DiRT Rally e DiRT Showdown).

De acordo com fontes familiarizadas com os planos da Codemasters, a Codemasters está atualmente focada no que foi descrito como “maior e mais ambicioso jogo do estúdio”, e o título em questão será baseado no Campeonato Mundial de Rally (World Rally Championship – WRC) da FIA.

Em 2020, a Codemasters assinou um contrato exclusivo de 5 anos, de 2023 a 2027, para desenvolver e publicar jogos baseados na série FIA ​​World Rally Championship. Apesar das alegações anteriores de que a Codemasters está comprometida com a série DiRT daqui para frente, fontes sugerem que esse não é mais o caso.

DiRT Rally 3 foi aparentemente cancelado no final de 2021, com o estúdio agora se concentrando em F1, GRID e no WRC daqui para frente. As dicas dessas mudanças vieram em fevereiro de 2022, com o perfil oficial do Twitter da conta DiRT sendo alterado para EA SPORTS Rally.

Não está claro quando o novo jogo WRC será anunciado, mas o título está programado para ser lançado em algum momento de 2023. No entanto, o desenvolvimento do jogo pode estar passando por fortes problemas dentro da Codemasters, sugerindo que o estúdio está atualmente em andamento com divergências e atritos dentro de seu departamento de controle de qualidade.

O estúdio, que tinha cerca de 200 indivíduos sob controle de qualidade há vários meses, agora foi reduzido para cerca de 120. De acordo com quatro indivíduos que desejam permanecer anônimos, o problema está na liderança da Codemasters (que foi alterada de maneira forçada em 2021) e na EA (funcionários estariam reclamando da EA permitir um ambiente tóxico de trabalho), o que resultou em uma má gestão do controle geral da empresa.