Siga-nos:

EA Games planeja criar novas séries de Star Wars

Empresa já havia sugerido anteriormente planos para um novo Jedi: Fallen Order

A Lucasfilm recentemente anunciou que seu acordo de exclusividade de Star Wars com a EA havia acabado – ou estava pelo menos chegando ao fim – por meio de uma parceria com a Ubisoft em um novo jogo de mundo aberto. O projeto será desenvolvido pela Massive Entertainment da Ubisoft (The Division), marcando a primeira vez que uma empresa fora da EA trabalhou em um jogo Star Wars em oito anos.

Em resposta à notícia em janeiro, a EA disse que se orgulhava de sua “colaboração de longa data com a Lucasfilm Games, que continuará por muitos anos”. Adicionando um pouco de informação a esses comentários durante a teleconferência de lucros do terceiro trimestre da EA nessa terça-feira, o CEO Andrew Wilson disse que a empresa continuará a investir em novos e antigos jogos da franquia Star Wars.

No contexto de Star Wars, não anunciaremos coisas novas ainda, mas o que eu diria é que, se você olhar para a nossa história com Star Wars, tivemos um relacionamento longo e muito lucrativo, primeiro com a LucasArts ou Lucasfilm, e depois com a Lucasfilm como parte da Disney.
Nós criamos várias grandes franquias: Star Wars Knights of the Old Republic, Galaxy of Heroes, Battlefront, Jedi: Fallen Order e, mais recentemente, Squadrons. Isso representa mais de $3 bilhões de lucro até o momento e 52 milhões de jogos vendidos, e Galaxy of Heroes é uma franquia de bilhões de dólares.

Como criamos essas partes tão fortes dessa franquia, você deve esperar que continuaremos a investir nelas, além de algumas novas experiências em várias plataformas no futuro.

A EA disse anteriormente que seu acordo de exclusividade de Star Wars – assinado em 2013 – duraria 10 anos e seu diretor de comunicação afirmou em janeiro que o acordo ainda está em vigor, sugerindo que o jogo da Ubisoft não será lançado antes de 2023.

A EA sugeriu em maio de 2020 que criaria uma sequência de Star Wars Jedi: Fallen Order depois que o jogo da Respawn superou as expectativas com mais de 10 milhões de vendas. No mês seguinte, Wilson disse que a empresa pretendia “dobrar” os jogos de Star Wars após uma série de lançamentos de sucesso.