Disney convida desenvolvedores de jogos a contarem histórias

A Disney mantém um contrato de publicação exclusivo com a EA GAMES para os jogos de Star Wars desde 2013.

A Disney está abrindo seu cofre para as principais desenvolvedoras de jogos. Sean Shoptaw, vice-presidente sênior de jogos e experiências interativas da Disney, atualizou na quarta-feira a nova abordagem do estúdio quanto ao licenciamento de jogos durante o DICE Summit 2020 no Aria Convention Center em Las Vegas.

“Estou aqui por um motivo específico: possibilitar vocês a fazerem coisas realmente únicas com nosso catálogo”, disse o executivo à multidão de desenvolvedores de jogos. “Queremos explorar o poder dos desenvolvedores em toda a indústria.”

Citando exemplos recentes como a EA e Star Wars Jedi Fallen Order da Respawn Entertainment, o sexto título mais vendido de 2019, e Marvel’s Spider-Man da Insomniac Games, que foi o título first-party a vender mais rápido na história da Sony com 3,3 milhões unidades vendidas em seus primeiros três dias (desde então, vendeu mais de 13 milhões de cópias), Shoptaw enfatizou a importância de contar histórias originais e “reimaginar” os personagens e cenários da Disney.

O executivo da Disney estendeu um convite aos desenvolvedores de jogos na sala e em todo o setor para “virem brincar” com seu extenso catálogo de franquias, que agora incluem muitas propriedades da 20th Century (anteriormente conhecida como 20th Century Fox), como Avatar e Bob’s Burgers, entre muitas outras.

A Disney mantém um contrato de publicação exclusivo com a EA para os jogos de Star Wars desde 2013. Jedi: Fallen Order do ano passado foi o maior sucesso na história dessa parceria, superando títulos anteriores como Star Wars Battlefront II, que vendeu mais de 9 milhões de cópias, mas ficou abaixo das expectativas para o título multiplayer. A EA espera que Jedi: Fallen Order, enquanto isso, chegue a 10 milhões em vendas no início deste ano, apesar de ser uma aventura single-player que, até o momento, não lançou nenhum conteúdo novo desde seu lançamento em novembro.

Outra parceria de longo prazo foi com a Square Enix, com a qual a Disney trabalhou nas últimas duas décadas na série Kingdom Hearts. O último jogo da franquia, Kingdom Hearts 3, estreou no ano passado e vendeu mais de 5 milhões de cópias, tornando-se o título a vender mais rápido na série.

Shinji Hashimoto, produtor de Kingdom Hearts 3, disse:

Trabalhar com nossos amigos da Disney durante nosso relacionamento de quase 20 anos produziu algo que nenhum de nós poderia ter conseguido sozinho. A equipe da Disney / Pixar forneceu um apoio inestimável para nos ajudar a realizar nossa visões criativas através desta amada saga.

A apresentação na DICE é a primeira vez que a Disney, que se afastou do desenvolvimento de seus próprios jogos recentemente para se concentrar em parcerias com estúdios de jogos, retornou com seus planos mais amplos para os jogos desde a aquisição da 21st Century Fox no início do ano passado.

“Queremos sonhar grande e esperamos ansiosamente todas as coisas que podemos fazer juntos”, disse Shoptaw à platéia.

💚 Acompanhe-nos nas redes sociais seguindo no Instagram e Twitter