Siga-nos:

Diretor criativo de Ori explica porque a Moon Studios não está à venda

Neste momento, poucos podem negar que Ori and the Blind Forest é um dos melhores jogos do Xbox One. Um metroidvania quase perfeito em todos os aspectos, que balançou usuários e críticos em 2015. Finalmente, cinco anos depois. Sua sequência está pronta. Era esperado, mas, finalmente, a Moon Studios tem uma data de lançamento para Ori and the Will of the Wisps, a continuação direta do primeiro.

Será no dia 11 de março que podemos desfrutar, ela fez comentários como “será de explodir cabeças” ou que Ori and the Will of the Wisps será como Super Mario Bros. 3 é para Super Mario Bros. Somente com os trailers poucos duvidam de sua qualidade e que praticamente ninguém conseguiu reproduzir um título que mistura tanta qualidade gráfica em uma excelente jogabilidade estilo metroidvania. Por esse motivo, também há poucos que não se perguntam por que a Microsoft ainda não comprou a Moon Studios, vendo o enorme talento que eles têm.

Bem, parece ser por uma razão bem simples. Thomas Mahler, diretor criativo do estúdio e, portanto, da saga Ori, explicou com uma série de argumentos incluídos em uma postagem no Resetera. Em resumo, eles preferem manter sua liberdade criativa do que ter mais dinheiro no bolso:

Se tivermos muito sucesso e ganhar muito dinheiro, ótimo, mas quero ver isso como um subproduto nosso que está fazendo algo que deixa muitas pessoas felizes. Não ser escravo do dinheiro e estar em uma posição em que podemos dizer não, isso tem sido muito bom para nós. Não aceitamos qualquer trato como as outras editoras, não precisamos jogar no campo de ninguém, temos liberdade criativa… estamos honestamente muito felizes por estarmos onde estamos. Seria ótimo ter muito dinheiro na conta? Claro, mas há chances de que meu dia a dia mude mais para o negativo do que para o positivo.

Então é isso. A Moon Studios quer se manter livre igual a estúdios como a Remedy, a Quantic Dream, a Supermassive Games e outros. Nem estar a venda é comum hoje em dia, enquanto alguns estúdios aceitam de bom grado ser uma desenvolvedora de uma empresa maior, outros preferem manter a sua liberdade e independência. Só esperamos que a Moon Studios continue fazendo ótimos jogos para nós.

Compartilhe isso: