DFC prevê que o Xbox Series X venderá tão bem quanto o PS4, mas o PS5 venderá mais a longo prazo

Empresa de pesquisas divulga os possíveis acontecimentos na 9° Geração de Consoles.

Após a ‘Batalha das Especificações’ da semana passada entre o Xbox Series X da Microsoft e os console de próxima geração PS5 da Sony, a empresa de pesquisa de jogos DFC Intelligence compartilhou uma nota atualizada sobre as perspectivas da guerra dos consoles.

Dez dias atrás, eles revelaram sua análise de que um ou mesmo ambos os sistemas podem ser adiados para 2021 devido a problemas na cadeia de suprimentos causados ​​pela pandemia do COVID-19. Desta vez, eles estavam mais focados em qual console tem a pole position. Para encurtar a história, eles acreditam que o Xbox Series X vai alcançar (o tamanho dependerá da força da produção dos novos Xbox Game Studios) na participação de mercado que a Sony ganhou com o PS4, mas, finalmente, o PS5 ainda deve ser o sistema mais vendido dos dois ao longo prazo.

Nesta batalha dos engenheiros, a Microsoft ficou no topo. No entanto, a DFC prevê que ao longo prazo o PlayStation 5 será o sistema mais vendido.

Tanto a Sony quanto a Microsoft têm o luxo de saber que a demanda inicial por seus sistemas ultrapassará a oferta. Atualmente, a DFC está prevendo que, devido ao coronavírus, o PlayStation 5 e o Xbox Series X serão entregues em quantidades muito limitadas em 2020. Existe a possibilidade de atrasos até 2021.

No entanto, o lançamento inicial é essencial para determinar a reputação de longo prazo de um sistema de hardware. O Xbox One teve um lançamento forte devido à sua base principal, mas mesmo na data de lançamento, o PlayStation 4 era amplamente visto como o melhor produto.

No momento, a Sony e a Microsoft estão sendo muito cautelosas. A Microsoft teve um sucesso limitado no marketing para um público mais amplo, portanto, eles estão determinados a se concentrar na base principal de tecnologia e em algumas das principais marcas.

A penetração e percepção do mercado de massa da Sony é muito menor do que era no auge do PlayStation 2. No entanto, elas têm uma vantagem importante em software, reconhecimento do consumidor e distribuição global. Nos próximos anos, essa vantagem provavelmente será insuperável para Microsoft e Xbox Series X.

Vários meses antes do lançamento do PlayStation 3, o DFC Intelligence escreveu um artigo intitulado “A Sony poderia ir do 1º ao pior?” Essa era uma posição altamente controversa, dado o sucesso do PlayStation 2. No entanto, a análise se mostrou precisa.

No momento, o DFC não prevê “Do melhor ao pior parte 2”. No entanto, acreditamos que a Microsoft começará a se destacar na participação de mercado, como o PlayStation 4. No entanto, muito disso dependerá da força das ofertas

Fonte:wccftech