Siga-nos:

Desenvolvedores de The Medium explicam por que o jogo se passa na Polônia

Desde o seu lançamento, The Medium atraiu muita atenção e obteve muito sucesso. Um dos primeiros títulos de terror exclusivos da próxima geração a ser lançado no Xbox Series X|S, muitos fãs aproveitaram seu tempo com The Medium.

No entanto, para quem ainda não jogou, há um detalhe interessante em relação à configuração do jogo que não apareceu em nenhum material promocional. Antes do jogo ser lançado inicialmente, o jogo tinha um grande apelo que chamou a atenção de boa parte da comunidade de jogadores.

Com vários acenos para Silent Hill e até mesmo apresentando trabalhos do compositor original de Silent Hill, Akira Yamaoka, The Medium tinha uma longa lista de outros pontos de venda para os fãs de terror obstinados apoiarem. Porém, um detalhe que nunca apareceu foi o fato de que o jogo se passa na Polônia.

Para aqueles que ainda não jogaram o jogo, The Medium acontece durante os anos 1990, quando a Polônia estava no meio de uma transição para fora da Guerra Fria e se afastando dos ideais comunistas.

Em uma entrevista recente com o Gamasutra, os desenvolvedores da Bloober Team comentaram sobre a lógica por trás do porquê o estúdio escolheu aquela era da história polonesa para ser o pano de fundo de The Medium.

Essencialmente, teve muito a ver com os temas da dualidade que estão presentes ao longo do jogo. The Medium trabalha com realidades duplas um pouco, com a mecânica de jogo central utilizando o jogador alternando entre os mundos para interagir.

Isso contribuiu para a ideia da transição da Polônia e subsequente distanciamento dos ideais comunistas e como os dois se relacionam. Porém, para aqueles que já jogaram o jogo, eles podem ter notado algo que contradiz isso.

Toda a dublagem feita no jogo é baseada nos Estados Unidos, utilizando especificamente sotaques do meio do Atlântico. A razão para a falta de uma presença polonesa adequada no jogo é devido aos efeitos que COVID-19 teve no mundo em geral. Não podendo viajar para a Polônia para fazer as sessões de mocap, a Bloober Team teve que fazer coisas na América.

Felizmente, como forma de tornar a experiência mais autêntica para o que a Bloober Team estava tentando realizar, existe uma opção que permite aos jogadores ouvir o diálogo em polonês como forma de acompanhar o cenário.

A Sucker Punch Productions fez algo semelhante em seu jogo mais recente, Ghost of Tsushima, permitindo que os jogadores ouvissem o diálogo em japonês. Em qualquer caso, este é um olhar interessante sobre os planos originais da Bloober Team para o The Medium.