Siga-nos:

David Jaffe diz que Xbox precisa controlar melhor os jogos

David Jaffe, conhecido por ter criado séries como God of War e Twisted Metal, já não trabalha mais com jogos, mas isso não significa que não dê sua opinião a respeito do que anda acontecendo na indústria. Em seu mais recente podcast o ex-desenvolvedor voltou a fazer um comentário polêmico, dessa vez a respeito do Xbox.

No último ano vimos estúdios que agora pertencem ao Xbox lançarem diversos jogos, que embora tenham se saído bem com a crítica, podem apresentar um grande problema futuro para a marca Xbox, de acordo com Jaffe.

Para ele, o grande problema que a Xbox precisa resolver é os jogos que são aprovados pelos seus estúdios. Os jogos usados como exemplo por ele são Psychonauts 2, Deathloop e Ghostwire: Tokyo. Embora não tenham sido jogos que tiveram seus desenvolvimentos iniciados dentro da Xbox, agora que os estúdios pertencem à Microsoft, é necessário um melhor controle.

Se você for a Xbox e eu trago esses três jogos para você, Deathloop, Psychonauts 2 e Ghostwire. […] Esses jogos irão [matar o Xbox]. As pessoas vão dizer, ‘você está exagerando Jaffe”, eu não disse que isso vai acontecer, ok? Não são os jogos, mas sim as decisões que levaram a esses jogos existirem que podem muito bem matar o Xbox.
E se o Xbox continuar fazendo mais desses tipos de jogos, eles vão [morrer]. Esses jogos não foram aprovados pela Microsoft, eu entendo, mas agora eles são estúdios da Microsoft.

Nos exemplos citados, Jaffe afirma que Psychonauts foi lançado há mais de 10 anos e vendeu apenas 2 milhões de cópias, não sendo uma franquia tão conhecida a ponto de uma sequência chamar tanta atenção do público.

Enquanto isso, Deathloop provavelmente se saiu muito mal em vendas, tendo sido a pior estreia de um jogo da Arkane. Por fim, Ghostwire também não teve um lançamento tão promissor, tendo um pico baixo de jogadores o Steam e não alcançando um lugar muito alto no rank de mais baixados da PS Store em seu mês de lançamento.

Para Jaffe, um grande problema da Microsoft é a forma que ela é muito leniente com seus estúdios, permitindo que façam o que quiserem, o que acaba gerando problemas, como vimos recentemente na The Initiative, Undead Labs e 343 Industries.

Para o Xbox ter futuro, assim como o Game Pass, ele afirma que a empresa precisa saber gerenciar seus estúdios. Desenvolvedoras por trás de jogos como Psychonauts 2 e Deathloop precisam fazer jogos mais fáceis de serem comercializados através do marketing ou então diminuir seus orçamentos caso desejem continuar trazendo jogos criativos.

Um bom exemplo citado por Jaffe é a inXile Entertainment, a qual produziu a excelente série Wasteland, mas que ainda é um jogo de nicho. O estúdio agora está trabalhando em um RPG de mundo aberto em primeira pessoa, o que significa que irão pegar aquilo que são bons, no caso os elementos de RPG, e colocar em um estilo que agrada mais o publico, tornando-o mais comercializável.

Fonte:gamevicio