CEO da ‘Quantic Dream’ faz crítica ao Xbox Series S

"É confuso para os produtores, mas também para os jogadores."

Esta é a primeira geração de consoles em que os consumidores podem escolher logo de cara dois modelos diferentes de consoles, sendo que no caso dos consoles Xbox existe uma diferença efetiva no desempenho do hardware.

David Cage, o fundador da Quantic Dream, não é um fã desta decisão da Microsoft e mostrou-se descontente com a existência do Xbox Series S, o modelo mais barato e também com menos capacidade de desempenho entre os consoles de nova geração.

“Muitos produtores preferem os consoles ao PC porque nos consoles apenas lidas com um hardware, enquanto no PC tens muitas configurações, placas gráficas, drivers, controles, etc. Isto torna o desenvolvimento muito mais complexo”, explicou Cage ao WCCF Tech.

“Quando uma fabricante oferece dois consoles com diferentes especificações, existe uma forte probabilidade dos produtores se focarem na versão mais fraca para evitar duas versões diferentes. Confesso que não sou fã da situação. Acredito que é confuso para os produtores, mas também para os jogadores, e embora compreenda as razões comerciais por detrás desta escolha, penso que a situação é questionável.”

Apesar de não gostar da situação, David Cage afirma que o motor do estúdio, agora que desenvolvem títulos para PC, está preparado para se adaptar a cada plataforma.

“Como agora somos uma produtora para PC, estamos a implementar funcionalidades escaláveis com base na plataforma, o que é muito útil para destacar o que o hardware tem de melhor.”

Fonte:eurogamer