Bethesda diz que quer se tornar na nova Bungie do Xbox Game Studios

Acredita que a Microsoft deposita muita confiança na empresa para trilhar seu sucesso

Na véspera da abertura das Pré-Vendas para o Xbox Series X|S, a Microsoft perturbou o equilíbrio da indústria de videogames ao anunciar de forma surpreendente a aquisição de todo o conglomerado ZeniMax Media, onde engloba 8 empresas mundiais.

A operação levou a uma incrível expansão dos estúdios que fazem parte da família Xbox Game Studios, que agora também recebe a Bethesda Game Studios, os produtores de franquias como The Elder Scrolls, Fallout, e do futuro Starfield.

Christopher Weaver, fundador da Bethesda Game Studios, falou recentemente sobre qual será o impacto dessa operação. Apesar de ter abandonado as funções executivas em 2002, o criador da Bethesda ainda mantém fortes laços com a ZeniMax, da qual, em 2007, representava o principal acionista, com 33% das ações da empresa. Agora, Weaver relata, seu envolvimento diminuiu, mas o fundador confirma que ele estava entre aqueles que foram informados sobre as negociações em andamento com a Microsoft.

Entrevistado pela redação da Inverse, o fundador da Bethesda expressou satisfação com a operação, que considera benéfica para ambas as partes.

“A Microsoft expande instantaneamente sua equipe com uma das empresas de software de entretenimento mais experientes”, diz ele,

“E a Bethesda Game Studios ganha a vantagem de concentrar seu poder criativo no software que alimenta as forjas da Microsoft, o Xbox e o Windows 10.”

Discutindo os processos de aquisição vistos em ação nos últimos anos, Weaver observou que o anúncio do negócio não coincidentemente chegou perto do evento PS5:

“Há agora um número quase ilimitado de criadores AAA comprovados sob a propriedade da Microsoft, algo que não pode ser obtido para a Sony.”

Para encerrar, Weaver relembrou a história da Bungie, traçando um paralelo com o futuro da Bethesda Game Studios sob a asa do Xbox Game Studios:

“A aquisição da Bungie foi uma contribuição importante para o sucesso do primeiro Xbox. Com base na rapidez com que a Bethesda poderá contribuir para a formação da Microsoft, eu suspeito que a Microsoft está reencenando a estratégia e tentando repetir uma de suas melhores ações, transformando-os na nova Bungie.”

Neste ponto, temos que esperar para descobrir qual é o impacto desse suntuoso casamento entre a Microsoft e a Bethesda nos Xbox Series X e Xbox Series S.

Fonte:everyeye