Siga-nos:

Assassin’s Creed Valhalla tornará a ‘lâmina oculta’ em uma arma de morte instantânea

No entanto, somente para aqueles que dominarem suas mecânicas.

A transição da série Assassin’s Creed de ação para RPG foi bem recebida. Embora alguns puristas tenham se queixado, o consenso popular é que as mecânicas de RPG foram uma mudança de direção necessária para a franquia. Mas acho que todos podemos concordar que nem tudo deu certo. Particularmente, o grande impacto que tiveram na icônica lâmina oculta.

O que antes era uma silenciosa arma de morte instantânea tornou-se algo frustrante. Você pode, por exemplo, habilmente esgueirar-se atrás de um inimigo e executar perfeitamente uma execução, apenas para descobrir que o nível desse inimigo era mais alto que o seu, e em vez de morrer, eles alertavam o acampamento inteiro.

É uma parte incrivelmente irritante de Origins e Odyssey. Felizmente, isso não irá te incomodar em Valhalla, de acordo com o diretor criativo do jogo, Ashraf Ismail. Conversando com a Kotaku, Ismail explicou que enquanto a equipe de desenvolvimento pensava em como recuperar a essência dos jogos originais, sentiram que a lâmina oculta precisava ser melhorada.

Queríamos olhar para os jogos antigos e ver a grandeza que esses jogos tinham e reconhecer o que há de bom na fórmula atualizada. Havia uma identidade e uma singularidade que queríamos trazer de volta para Valhalla.

Eivor recebe a lâmina oculta bem cedo… Continuamos com a ideia de que o Eivor não é um assassino treinado. Eivor é um viking que recebe essa arma incrível e precisa aprender rapidamente. No início da experiência, Eivor aprenderá uma técnica que, com o timing certo… pode matar praticamente qualquer um com um único golpe.

Ismail então confirmou que haverá uma mecânica que será introduzida em Valhalla, a qual trará de volta a antiga letalidade da lâmina oculta para aqueles que a dominarem. Parece algo promissor, e é uma direção que eu gostaria que mais RPGs tomassem – nem tudo tem que se resumir a uma habilidade, um tipo de equipamento, um número. Um bom RPG deve exigir habilidade e estratégia na maneira como os jogadores abordam sua jogabilidade, certo?

Entre os detalhes revelados anteriormente sobre o sistema de progressão baseado em poder (ao contrário dos níveis tradicionais por números) e as notícias de que a lâmina oculta necessitará de habilidade por parte do jogador, parece que a Ubisoft está agitando as coisas de uma forma que deve agradar tantos os fãs antigos quanto os novos.

Assassin’s Creed Valhalla será lançado para Xbox Series X, Xbox One, PS4,PS5 e PC