Siga-nos:

AMD FidelityFX Super Resolution terá grande impacto nos jogos 4K para Xbox Series X|S

Evan Wolbach diz que mais foco pode ser colocado na melhoria da qualidade gráfica, partículas e muito mais

A AMD forneceu uma data de lançamento de 22 de junho para o AMD FidelityFX Super Resolution, sua própria versão do Deep Learning Super Sampling ou DLSS.

Ao contrário da versão da Nvidia, no entanto, ele oferecerá vários modos de aumento de escala e desempenho ainda melhor. Com a solução também chegando ao Xbox Series X|S e PS5, como ela beneficiará os desenvolvedores desses consoles?

De acordo com Evan Wolbach, da Dead Drop Studios, que desenvolveu o recém-lançado Outbreak: Endless Nightmares, o Super Resolution terá “um grande impacto”. Isso porque mesmo nos consoles da geração atual, atingir a marca de resolução 4K ainda é um desafio.

“Ter como alvo 4K como resolução nativa é extremamente exigente, mesmo neste hardware super avançado. Ter mecanismos para reconstruir o quadro e torná-lo virtualmente idêntico ao 4K nativo, enquanto paga um custo muito menor em desempenho, será enorme.”
“Com essa economia, você pode se concentrar mais em melhorar a qualidade gráfica, orçamentos de partículas, etc… e ainda colher quase todas as recompensas que vêm com uma imagem 4K nativa. É uma tecnologia realmente empolgante e mal posso esperar para usá-la!”

Junto com as próprias GPUs da AMD, o FidelityFX Super Resolution também pode ser executado nas GPUs da Nvidia (até mesmo uma GeForce GTX 1060, de todas as coisas).

A solução também é de código aberto e os jogos que a suportarão (conforme PC Gamer) incluem The Riftbreaker, Microsoft Flight Simulator, DiRT 5, Resident Evil Village e Far Cry 6, entre muitos outros.

Claro, o DLSS da Nvidia ainda é uma opção popular com Red Dead Redemption 2, DOOM Eternal, Tom Clancy’s Rainbow Six: Siege, Borderlands 3 e The Ascent anunciando suporte.